Teresópolis terá mais 500 apartamentos para famílias atingidas pela tragédia de 2011

Recursos são oriundos dos governos estadual e federal, através do Ministério das Cidades

Por Redação Multiplix
18/12/18 - 15:01
Teresópolis terá mais 500 apartamentos para famílias atingidas pela tragédia de 2011 Parque Ermitage possui, atualmente, 1.660 apartamentos destinados às famílias atingidas pelas chuvas de 2011 | Foto: Divulgação/Prefeitura de Teresópolis

Buscando solucionar a demanda por moradias na cidade de Teresópolis, o Parque Ermitage entrará na segunda fase de construção de unidades habitacionais para as vítimas da tragédia climática de 2011. O conjunto habitacional, que abriga 1.600 apartamentos, ganhará mais 500 imóveis, por meio de recursos dos governos federal, através do Ministério das Cidades, e do estadual.

Desta forma, quem perdeu sua residência na catástrofe, e que ainda não está inscrito para receber um imóvel, deve comparecer até a próxima quinta-feira, 20 de dezembro, à Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Av. Lúcio Meira, 375, Várzea), para cadastramento.

Na quarta-feira, 19, o atendimento acontece das 10h às 16 e, na quinta, das 10h às 13h. A documentação deve ser entregue à Caixa Econômica Federal, no Rio de Janeiro, para análise e aprovação dos solicitantes. Para se cadastrar, a pessoa deve apresentar o Termo de Interdição do imóvel atingido e documentação pessoal de cada membro da família. Para mais informações: (21) 3641-5866.

“Temos 221 famílias inscritas, aguardando para serem contempladas com um imóvel. Essas pessoas tiveram perdas irreparáveis e agora têm a chance de ter de volta um pouco de sua dignidade. Além dessas famílias já cadastradas, conseguimos, junto aos governos federal e estadual, que sejam construídos outros 279 apartamentos, totalizando mais 500 imóveis para os atingidos pela tragédia de 2011”, explicou o secretário municipal de Desenvolvimento Social, Marcos Jaron.

Na tragédia da Região Serrana, ocorrida após forte temporal entre os dias 11 e 12 de janeiro de 2011, mais de 900 pessoas morreram, sendo 382 somente em Teresópolis. O desastre foi considerado a maior catástrofe climática do país e deixou os municípios da região em estado de calamidade.

O Empreendimento Parque Ermitage foi construído para atender a 1.600 famílias teresopolitanas atingidas pelas chuvas de 2011. O condomínio está situado às margens da Estrada BR-116, Rio-Bahia, a 1,5 km do centro da cidade, em um vale sem ocupação.

A região conta com serviços públicos como instituições de ensino, Unidade Básica de Saúde, com o Programa de Saúde da Família (PSF), e Centro de Referência de Assistência Social (CRAS).