MENU

Portal Multiplix

Mamoplastia e qualidade de vida

Por Glauco Rocha
28/08/20 - 15:17

A cirurgia das mamas, na história da cirurgia plástica, sempre teve um papel fundamental pela sua grande variedade de indicações, por proporcionar a pacientes a resolução de inúmeras situações de teor estético, reparador e funcional. Possibilitando a milhares de mulheres, em todo planeta, um resgate da autoestima e autoconfiança e, consequentemente, elevando e muito sua qualidade de vida.

A mama, desde tempos imemoriais, representa a característica primordial da identidade feminina, sendo sinônimo de feminilidade, possuindo forte carga simbólica.

Este simbolismo, por sua importância, produz alterações psicossociais nas pacientes portadoras de deformidades, como mamas de volume diminuído ou ínfimo, mamas hipertróficas de grandes volumes e peso ou deformidades causadas pelas mastectomias, devido aos tumores mamários ou perdas traumáticas, causando à mulher, muitas vezes, a rejeição de si mesma e a não aceitação, ocasionando assim altíssimos declínios na autoestima e autoconfiança.

Essa desarmonia entre a forma idealizada e a causada por estas deformidades pode causar graves problemas psicológicos, dificultando bastante o convívio social.

Algumas deformidades também comprometem a parte funcional, acarretando problemas de ordem postural, circulatória e respiratória, decorrentes principalmente em mamas de grandes volumes e gigantomastia.

A prevenção e o tratamento das várias patologias benignas e malignas das glândulas mamárias exigem amplos e profundos conhecimentos do cirurgião plástico, não só de anatomia e patologia mamária, como também um senso apurado de harmonia.

Devido à alta evidência destas deformidades em nosso meio, sempre julgamos o tratamento das hipertrofias mamárias como um dos principais objetivos a serem solucionados, tornando-se estas ao longo dos anos em constante desafio.

Nos dias atuais, as pacientes convivem com cobranças e pressões originadas pela globalização nas mudanças de comportamento e exigências sociais e estéticas, divulgadas quase que em tempo real pela internet e mídias sociais, e este contexto contribui bastante na criação de demandas e desejos específicos e obsessivos na questão estética, trazendo para o especialista em cirurgia plástica dificuldades e outras necessidades por parte de seus pacientes que antes não existiam, e isto tem preocupado a comunidade de cirurgia plástica.

Devido às características destas glândulas que são duplas, de projeção e compostas basicamente de partes moles (pele, subcutâneo e tecido mamário), pesam sobre si mesmas, sofrendo fortes efeitos de gravidade, e são altamente sensíveis a alterações hormonais.

A cirurgia mamária tem em seu arsenal, portanto, variadas e múltiplas abordagens e técnicas cirúrgicas, visto ser o universo mamário possível de inúmeras situações em que os tratamentos cirúrgicos são obrigatórios e a única solução.

Como exemplos, podemos citar casos das doenças mamárias, sejam congênitas ou adquiridas (como as neoplasias malignas), assimetrias, casos preocupantes ocorrendo cada vez com mais frequência em jovens de 16,17 e 18 anos, com elevados graus de flacidez e volumes mamários (hormônios? Alimentação?), e por fim anseios e demandas estéticas, com casos em que as solicitações e expectativas beiram o ilusório e fantasioso.

Em relação às solicitações de pacientes que sejam exageradas e estapafúrdias, o aconselhamento que passamos a todas as nossas pacientes seria que, caso você tenha em mente objetivos ou expectativas quanto aos resultados, que sejam pré-determinados, específicos, determinando percentual de melhora, medidas corporais definidas ou ainda resultados iguais ao de outras pessoas, você pode não ser considerada uma boa candidata para uma cirurgia plástica e portanto dificilmente conseguirá satisfação com sua cirurgia.

Certa ocasião, ouvi um colega apregoar que a cirurgia plástica estava perdendo o seu GLAMOUR.

Em minha humilde opinião, nos dias atuais, a paciente quer é resultado (possível), mas também qualidade com responsabilidade, atenção e segurança cirúrgica.

Deixamos o glamour para os talk shows, desfiles, festa do Oscar, The Voice, realitys shows, etc.

Felizmente, a produção de técnicas cirúrgicas é intensa, de alto nível cientifico e em constante evolução, proporcionando aos pacientes várias alternativas e bons resultados para a cura e resolução de suas patologias, doenças e efeitos degenerativos no contorno corporal.

Ou seja, vários estudos, em curso e finalizados, comprovam que as cirurgias das mamas são armas valiosas e poderosas no alcance de uma melhor qualidade de vida as que a elas se submetem, contribuindo para um melhor convívio social, bem-estar e felicidade das pacientes.

Mamoplastia redutora, mastopexia (para flacidez e remodelagem), reconstrução mamária (para neoplasias e traumas), mamoplastia de aumento (próteses), são as técnicas cirúrgicas mais conhecidas indicadas isoladamente ou associadas.

O que nunca devemos esquecer é que cirurgia plástica não é uma cirurgia banal, tem risco e complicações, exige cuidados pré e pós-operatórios rigorosos como qualquer outra especialidade. Deve ser efetuado por profissional devidamente habilitado, qualificado e especialista na área.

Portanto, escolha com critério, cuidado e atenção o seu médico caso deseje submeter-se a uma cirurgia plástica.


O Portal Multiplix não endossa, aprova ou reprova as opiniões e posições expressadas nas colunas. Os textos publicados são de exclusiva responsabilidade de seus autores independentes.

TV Multiplix
TV Multiplix Comunicado de manutenção TV Multiplix Comunicado de manutenção
A TV Multiplix conta com conteúdos exclusivos sobre o interior do estado do Rio de Janeiro. São filmes, séries, reportagens, programas e muito mais, para assistir quando e onde quiser.