MENU

Portal Multiplix

Fale Conosco

(22) 3512-2020

Anuncie

Contato comercial

Trabalhe conosco

Vagas disponíveis

Alto índice de alcoolemia em Teresópolis aponta necessidade de cuidado redobrado nos fins de semana

Motoristas flagrados sob efeito de álcool cometem infração gravíssima com diversas penalidades

Por Talitha Santos
30/07/21 - 12:00
Alto índice de alcoolemia em Teresópolis aponta necessidade de cuidado redobrado nos fins de semana Os altos índices de alcoolemia são preocupantes em Teresópolis. Na última Operação Lei Seca, dos 49 motoristas abordados, 20 estavam sob efeito de álcool | Foto: Divulgação/Governo do Estado do Rio de Janeiro

Com a aproximação do fim de semana, sendo para muitos também os últimos dias para aproveitar as férias escolares do meio do ano, atrelado às baixas temperaturas, a atividade turística ganha vários estímulos para se intensificar na Região Serrana do Rio de Janeiro. Mas com o aumento do movimento nas cidades, é preciso atenção redobrada em relação à segurança no trânsito.

A decisão de nunca dirigir depois de beber não é apenas o cumprimento da legislação vigente em nosso país, mas atitude de respeito ao próximo e amor à vida. Contudo, as estatísticas mostram que os condutores não andam fazendo o dever de casa.

No último final de semana, a operação Lei Seca retirou 372 motoristas embriagados das ruas nas 22 ações de fiscalização realizadas em todo o estado do Rio. Os altos índices de alcoolemia são preocupantes: em Teresópolis, por exemplo, dos 49 motoristas abordados, a ação registrou 20 (40,8% do total) casos de alcoolemia.

Por causa deste alto índice, em 2021 oito blitzes já foram realizadas em Teresópolis. Nestas ações de fiscalização, 273 motoristas foram abordados e 80 flagrados sob efeito de álcool, ou seja, 29,3% do total de abordagens.

De acordo com o Detran-RJ, responsável pelas ações, as fiscalizações são realizadas diariamente em todo o estado para que as pessoas se conscientizem dos riscos da mistura álcool e direção, além de reforçar a mensagem da Operação Lei Seca: "Nunca dirija depois de beber".

Quem for flagrado sob efeito de álcool (com até 0,29 mg de álcool por litro de ar expelido) é enquadrado no artigo 165 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), comete infração gravíssima (7 pontos na CNH), com penalidade de multa (R$ 1.915,40) e suspensão do direito de dirigir por 12 meses.

Outra penalidade prevista é a retenção do veículo até a apresentação de outro condutor habilitado e em condições de dirigir. Em caso de reincidência em menos de 12 meses, o valor da multa, se houver flagrante, é dobrado, ou seja, R$ 3.830,80.

Cuidados da operação por causa da pandemia

Para a retomada das ações nas ruas foi desenvolvido um protocolo sanitário em conjunto com a Secretaria de Estado de Saúde (SES), por meio da Superintendência de Vigilância Sanitária, para um retorno seguro da operação, tanto para motoristas abordados quanto para os agentes da Lei Seca.

Algumas mudanças são o uso de barreira protetora de plástico, que separa o agente do motorista, e a realização de triagem utilizando um etilômetro passivo, sem contato com o aparelho.

Trabalho de conscientização

Em 12 anos de operação foram realizadas 17.363 ações de conscientização nas ruas, bares e restaurantes, em eventos, além de palestras em escolas, universidades e empresas de todo o estado.

A equipe de educação é composta por pessoas com deficiência (PCDs) - vítimas de acidentes de trânsito provocados pela mistura de álcool e direção - que reforçam, diariamente, a mensagem “nunca dirija depois de beber”.

Monitoramento por câmeras

A Operação Lei Seca possui a tecnologia como aliada para dar mais transparência às abordagens. Cerca de 50 câmeras, distribuídas pelas equipes de fiscalização, filmam e captam áudio de todas as abordagens realizadas durante as blitzes. As câmeras ficam acopladas ao colete dos policiais e outras ficam na tenda, monitorando toda a movimentação, onde os documentos são checados e o teste do bafômetro é realizado. Uma central de monitoramento funciona 24 horas dando suporte à operação.


É proibida a reprodução total ou parcial dos conteúdos do Portal Multiplix, por qualquer meio, salvo prévia autorização por escrito.
TV Multiplix
TV Multiplix Comunicado de manutenção TV Multiplix Comunicado de manutenção
A TV Multiplix conta com conteúdos exclusivos sobre o interior do estado do Rio de Janeiro. São filmes, séries, reportagens, programas e muito mais, para assistir quando e onde quiser.