MENU

Portal Multiplix

Professores de Cachoeiras de Macacu decidem continuar paralisação

Decisão foi tomada após assembleia realizada na manhã desta sexta-feira, 22

Por Sara Schuabb
22/03/19 - 17:48
Professores de Cachoeiras de Macacu decidem continuar paralisação Professores de Teresópolis fazem manifestação na manhã desta sexta, 22 | Foto: João Medeiros/Sepe de Cachoeiras de Macacu

Em assembleia nesta sexta-feira, 22 de março, os professores da Rede Municipal de Ensino de Cachoeiras de Macacu, município localizado na Região Metropolitana do Rio de Janeiro, decidiram seguir em greve. Durante a manhã, os profissionais realizaram um protesto no Centro da cidade.

Segundo o presidente do Sindicato de Professores de Cachoeiras de Macacu (Sepe), João Medeiros, a prefeitura não atendeu todas as reivindicações da categoria, que está em paralisação desde 14 de março. Foram pagos 1/3 das férias que estavam em atraso, mas a municipalidade só atendeu em partes a quantidade necessária de merenda escolar para o funcionamento das escolas, além de outras reivindicações ficarem na promessa.

De acordo com o Sepe, a prefeitura diz que há estoque de merenda para abastecer as escolas e que falta acertar apenas um ônibus escolar, que, na segunda-feira deve estar pronto. Quanto ao aumento dos 4%, será realizado em junho e a publicação do calendário de pagamento será publicado no próximo Diário Oficial.

“Como a prefeitura costuma prometer e não cumprir, decidimos, então, seguir em greve”, diz João Medeiros.

A categoria decidiu voltar ao trabalho apenas quando todos os pontos forem atendidos, fazer uma denúncia ao instituto de aposentadoria do município, solicitar prestação de contas atualizadas da prefeitura sobre a aplicação dos recursos da educação, ir à Câmara na próxima terça-feira, 26 de março, e fazer uma nova assembleia na próxima sexta-feira, 29 de março.