Hora da festa: França e Croácia decidem o título da Copa do Mundo da Rússia

Equipes europeias se enfrentam neste domingo, às 12h, no estádio Lujniki, em Moscou

Por Matheus Oliveira
13/07/18 - 17:44
Hora da festa: França e Croácia decidem o título da Copa do Mundo da Rússia Seleção da Croácia após vitória sofrida. | Divulgação (FIFA)

Acabou a espera. Neste domingo, dia 14 de julho, o mundo irá conhecer o campeão mundial. Neste domingo, dia 15 de julho, às 12h (de Brasília), França e Croácia, duelam pelo título mais importante do futebol, no estádio Lujniki, em Moscou, na Rússia.

A França busca o bicampeonato, 20 anos após o primeiro título, conquistado em casa, com um triunfo por 3 a 0 sobre o Brasil na final. Na semifinal, os gauleses derrotaram a Croácia por 2 a 1, com dois gols do lateral Thuram. Para repetir a dose, os franceses contam com uma estrela daquela campanha: o técnico Didier Deschamps, que em 98, era o capitão do time e jogava no meio de campo, ao lado de nomes como Petit e Zidane. Deschamps agora comanda uma promissora geração que vem de bons resultados, mas quer se consolidar, erguendo a taça do Mundial. Entre os destaques do time estão nomes como Mbappé -candidato a craque da Copa-, Kanté, Pogba, Griezmann, Varane, Umtiti e Lloris.

Os “Bleus”, apelido da seleção, apostam em um jogo forte na defesa e de muita velocidade no contra-ataque. Desta forma, possuem uma campanha de cinco vitórias e um empate, com 10 gols marcados e apenas quatro sofridos. A campanha da França foi a seguinte:

Primeira Fase:

2x1 Austrália

1x0 Peru

0x0 Dinamarca

Oitavas de final: 4 x 3 Argentina

Quartas: 2 x 0 Uruguai

Semifinal: 1 x 0 Bélgica

Já a Croácia foi a grande surpresa desta Copa. Mesmo com um time talentoso, poucos apostavam que a equipe chegaria tão longe. O time dos Bálcãs possui um jogo de toque de bola e de ocupação de espaços que surpreendeu os adversários. Entre os grandes nomes do time comandado por Zlatko Dalic estão atletas de destaque no cenário europeu como Modric (outro candidato ao troféu de melhor do torneio), Rakitic, Perisic, Rebic, Mandzukic, Brozovic, Vida e Lovren. O time quadriculado já fez história, pois superou a melhor campanha do país em Copas, em 98, quando parou, exatamente, nos franceses. A Croácia ficou em terceiro lugar naquela edição.

Os croatas possuem quatro vitórias e dois empates na Copa, marcando 12 gols e sofrendo cinco. A campanha foi a seguinte:

Primeira Fase:

2x0 Nigéria

3x0 Argentina

2x1 Islândia

Oitavas de final: 1 x1 Dinamarca (Vitória por 3x2 nos pênaltis)

Quartas: 2x2 Rússia (4x3 nos pênaltis)

Semifinal: 2 x 1 Inglaterra

Os franceses vêm mais descansados, já que a Croácia disputou três prorrogações seguidas. Mesmo assim, o time ganhou o status de incansável e não vai deixar passar a oportunidade de levar a taça para casa. A única certeza é que Moscou se tornará a capital da bola neste domingo.