Casa de Memória Arthur Dalmasso abriga acervo sobre a história de Teresópolis

O casarão onde funciona o museu foi construído na década de 1920

Por Redação Multiplix
16/01/19 - 11:50
Casa de Memória Arthur Dalmasso abriga acervo sobre a história de Teresópolis Com arquitetura que mistura os estilos Neoclássico, Normando e Art-Nouveau, a Casa da Memória Arthur Dalmasso abriga um museu sobre a história da cidade | Foto: Divulgação/Rafael Rosa (Prefeitura de Teresópolis)

Com arquitetura que mistura os estilos Neoclássico, Normando e Art-Nouveau, a Casa da Memória Arthur Dalmasso, também conhecida como Casa da Memória de Teresópolis, atualmente funciona como um museu que dispõe do acervo histórico e cultural do município. Os visitantes podem conhecer inúmeras fotos de época, livros históricos, objetos antigos, quadros, moedas e itens diversificados que contam histórias da cidade.

O casarão onde funciona o museu foi construído na década de 20 e foi nomeado de Vila Cecília em homenagem feita pelo prefeito José Lino de Oliveira Leite à sua esposa, Cecília da Silva Leite. No entanto, com a morte da esposa, em 1925, o prefeito decidiu vender o imóvel.

A partir de então, o espaço teve várias funções: entre os ano 1932 a 1942 fez parte do Ginásio Teresópolis; nas décadas seguintes abrigou o Hotel Atlântica, o Hotel Savoy e uma oficina de consertos eletrônicos (CENTEL); em 1987 a propriedade foi desapropriada pela prefeitura e, no ano seguinte, tombada pelo Instituto Estadual do Patrimônio Cultural (Inepac) para ser sede da Biblioteca Municipal Antônio Paulo Capanema de Souza, no período entre 1990 e 2000; em 2009, no aniversário de Teresópolis, o casarão foi reinaugurado pelo então prefeito Jorge Mário, e passou a servir como museu e sede da Secretaria Municipal de Cultura.

A Casa de Memória de Teresópolis fica na Praça Baltazar da Silveira, 91, Centro, Teresópolis. Está aberta à visitação de terça a sábado, das 10h às 16h.