Servidores de Educação de Cachoeiras mantém greve e realizam assembleia nesta sexta

Profissionais da categoria reivindicam o recebimento do salário no quinto dia útil de cada mês

Por Matheus Oliveira
16/08/18 - 15:59
Servidores de Educação de Cachoeiras mantém greve e realizam assembleia nesta sexta Servidores da Educação de Cachoeiras irão definir os rumos da greve em assembleia. | Foto: Divulgação / Redes Sociais

Os profissionais da Educação de Cachoeiras de Macacu, na Região Metropolitana do Rio, decidirão nesta sexta-feira, dia 17 de junho, às 9h, no Colégio Municipal Professor Carlos Brandão, no Centro, os rumos da greve que acontece desde o dia 9 de agosto. A categoria reivindica o recebimento dos salários no quinto dia útil de cada mês.

O Sindicato Estadual dos Profissionais da Educação (Sepe) pede o pagamento dos vencimentos até o quinto dia útil de cada mês, mas a Prefeitura diz que a proposta previa o acerto até o 10º dia útil. De acordo com o Sepe, todos os meses a categoria fica sem receber do município na data prevista.

O coordenador-geral do Sepe, João Ferreira, informou que parte dos servidores recebeu seus salários na última segunda-feira, dia 13 de agosto, e outra parte dos servidores recebeu entre terça e quarta-feira. Ele destacou, que em assembleia realizada na última terça-feira, dia 14 de agosto, foi decidida a manutenção da greve até a próxima sexta-feira.

“O acordo é uma reivindicação nossa de receber no quinto dia útil. Propomos ao poder público um calendário de pagamentos, mas a Prefeitura negou, pois alegou que não teria como atender a todo o funcionalismo público. Estamos em greve para buscar uma solução, já que o acordado era de a categoria receber até o 5º dia útil. Mas neste ano, estamos tendo problemas com esta situação”, declarou João Ferreira.

“Se todos receberem, vamos encerrar a greve, mas enquanto isso permanecemos com a paralisação. No mês que vem, deveremos ter uma nova proposta de assembleia no sexto dia útil para discutir uma nova paralisação, caso a gente não receba”, contou.

Segundo a Prefeitura Municipal de Cachoeiras de Macacu, "por ato de liberalidade do atual governo, foi acordado no início do ano passado o pagamento no 5° dia útil, antecipando o pagamento dos profissionais da Educação da data prevista na Lei Orgânica, que prevê o pagamento dos servidores para até o dia 10 do mês subsequente".

O Poder Executivo diz ainda que "o compromisso assumido com a categoria de pagamento até o 10° dia útil está mantido, não havendo atraso salarial da categoria, assim como estão mantidas reuniões mensais com o prefeito todo dia 15, não havendo que se falar em recusa de diálogo por parte do governo".