Portal Multiplix

Associações se unem a gigantes tecnológicas e pretendem usar inteligência artificial para prevenir a fome

Serviço irá desenvolver modelos analíticos para alertar sobre locais que estejam sofrendo com a falta de alimentos

Por Matheus Oliveira - 24 de Setembro de 2018, 16:14
Associações se unem a gigantes tecnológicas e pretendem usar inteligência artificial para prevenir a fome Organização das Nações Unidas contará com apoio de empresas de tecnologia para prevenir a fome | Foto: Divulgação/ ONU

Inteligência Artificial como prevenção à fome! Esta é o objetivo da associação das gigantes tecnológicas Microsoft, Amazon e Google com organizações internacionais como as Organização das Nações Unidas (ONU) e o Banco Mundial -intitulado de Mecanismo de Ação contra a Fome (FAM, na sigla em inglês) - e divulgada no último domingo, dia 23 de setembro.

A ideia é utilizar os dados captados pelas empresas para analisar e tentar se antecipar a situações de risco para combater a falta de alimentos em locais como o nordeste da Nigéria, da Somália, Sudão do Sul e Iêmen onde 20 milhões de pessoas passam fome devido a fatores como alta no preço dos alimentos, desastres climáticos, conflitos armados e pobreza.

"Se pudermos prever quando e onda de fome ocorrerá, poderemos salvar vidas respondendo mais cedo e com mais eficácia", disse Brad Smith, presidente da Microsoft.

A operação ocorrerá da seguinte forma: o FAM irá alertar a respeito de possíveis locais que podem entrar em situação de risco, acionando os programas de financiamento de combate à fome.

Assim, Microsoft, Amazon Web Services e Google irão fornecer seus dados para desenvolver modelos analíticos intitulados “Artemis”. O sistema utilizará inteligência artificial e o aprendizado de máquina para realizar as previsões em tempo real e prevenir o aumento da fome.

"A inteligência artificial e o aprendizado de máquina são muito promissores na detecção de escassez de alimentos relacionados a falhas de safras, secas, desastres naturais e conflitos", explicou Smith. O aprendizado de máquina (machinelearning) é um método de inteligência artificial que utiliza algoritmos para examinar vários dados e planejar possíveis novas situações.

O FAM será lançado contemplando um pequeno grupo de países em situação vulnerável para em seguida se estender ao restante do mundo.

"O fato de milhões de pessoas, muitas delas crianças, ainda sofrerem de desnutrição e fome no século 21, é uma tragédia global. Estamos formando uma coalizão global sem precedentes para dizer basta", declarou o presidente do Banco Mundial, Jim Yong Kim.