MENU

Portal Multiplix

Fale Conosco

(22) 3512-2020

Anuncie

Contato comercial

Trabalhe conosco

Vagas disponíveis

Cirurgia plástica: É o mundo da fantasia? É o mundo da magia?

Por Glauco Rocha
04/01/21 - 10:03

Quando faço estas perguntas aos pacientes, de imediato respondem negativamente, porém, um grande número de pacientes, ao longo das múltiplas avaliações que fazemos nas preparações para cirurgia, assim se comportam e manifestam em seus desejos, anseios e expectativas, como se esta fosse a realidade. Atualmente existem blogs, grupos de WhatsApp, programas e talk shows, quase que exclusivamente sobre cirurgia plástica, nos quais observamos as discussões e debates sobre esta atividade médica, de maneira bastante superficial, sem critérios técnicos/científicos e com a participação as vezes de especialistas (?) de qualidade discutíveis.

Tal contexto colabora muito na criação por parte das (os) ouvintes e expectadores, de sonhos e objetivos além da realidade.

No momento atual, com esta pandemia que provocará mudanças radicais na vida das pessoas e dos países do planeta, a fantasia e a imaginação de corpos perfeitos, saudáveis e belos funcionam como uma válvula de escape, no mundo de hoje, com distanciamento social, sem confraternizações, sem poder viajar e conhecer outros lugares, o plano de uma cirurgia plástica é o terreno fértil para cultivo de momentos mágicos de felicidade e de inclusão em uma sociedade melhor. A ferramenta para tal, como não poderia deixar de ser, é o cirurgião plástico, que em muitos casos é exatamente desta maneira visto pelos pacientes, ou seja, uma ferramenta a ser utilizada ao bel-prazer das interessadas (os) em uma plástica.

Temos observado com muita preocupação que várias pessoas têm interesse em uma cirurgia plástica e chegam ao consultório do médico já determinando a técnica cirúrgica, o método de associações cirúrgicas que podem ser feitas, o volume das próteses a serem implantadas, sejam glúteas ou mamárias, anos de rejuvenescimento e etc.

Se o médico não tiver personalidade e segurança para se impor com seu conhecimento cientifico, sua experiência e bagagem cultural, ele torna-se como dissemos anteriormente, um instrumento de uso do paciente, que não tem qualificações e habilitação para decisões cirúrgicas, contribuindo deste modo para um desfecho de insatisfações e arrependimentos.

De tudo que se vê nas mídias sociais, YouTube, blogs e imprensa em geral, pode-se realmente pensar que em cirurgia plástica tudo pode ser feito, ou, pelo menos assim os pacientes demonstram.

Como esclarecimentos iniciais para todos os nossos pacientes que nos procuram, alertamos que imagens de resultados de outras pessoas não são parâmetros de expectativa do seu resultado, pois seu corpo e seu organismo têm características próprias e estes terão sua melhora específica. Imagens veiculadas em mídias sociais e imprensa falada e escrita criam a ilusão de cirurgias 100% perfeitas e que se pode conseguir o que se desejar, isto NÃO é verdade.

É muito importante que o paciente tenha consciência de que o cirurgião é responsável pelo resultado obtido no pós-operatório imediato e a curto prazo. Porém ocorre que em alguns casos o organismo da paciente principalmente em relação há características relacionadas a flacidez de pele, tônus muscular, heranças genéticas, distúrbios hormonais e oscilações do peso corporal, pode apresentar fatores que atuam de forma negativa no resultado, fazendo com que o resultado satisfatório obtido com a cirurgia, não se prolongue no tempo.

Infelizmente, o cirurgião plástico não tem como prever a reação do organismo ao longo do tempo, não tendo também como evitar tais reações. Um exemplo clássico do que descrevemos acima são as mamas femininas, que por serem órgãos duplos, de projeção e que pesam sobre si mesmas, elas caem e se tornam flácidas. Muitos poderiam argumentar que nariz e orelhas também são órgãos de projeção e que pesam contra si mesmos, se esquecendo que estas, são estruturas rígidas possuindo o nariz ossos e cartilagens e a orelha as cartilagens.

As mamas são basicamente constituídas de partes moles (pele, subcutâneo e tecido mamário) e, portanto, em algum momento vão cair (ptosar). Uma Mamoplastia consegue melhorar, diminuir estes efeitos degenerativos, muitas das vezes necessitando de duas ou três cirurgias, dependendo da qualidade da pele da paciente. As mamas femininas são altamente susceptíveis aos efeitos da gravidade pelo motivo descrito.

Outro grande engano sobre as mamas femininas, é o de que o implante de próteses mamárias atua como garantia de mamas firmes, projetadas e com formato. Isto também não é verdade absoluta, pois funcionam somente em pacientes jovens, sem filhos, principalmente com peles de boa qualidade, e quase sem nenhum volume mamário (chamadas hipomastia)

Quanto maior as próteses, mais pesadas são, e mais contribuem para sua queda. Portanto, somente o cirurgião tem atributos para melhor avaliar e aconselhar as pacientes.

Deste modo, o aconselhamento que passamos as pacientes, seria que caso você tenha em mente objetivos ou expectativas quanto aos resultados que sejam pré-determinados, sejam específicos, determinado percentual de melhora, medidas corporais definidas, ou ainda resultados iguais aos de outras pessoas, você não pode ser considerada uma boa candidata para uma cirurgia plástica e, portanto, dificilmente conseguirá satisfação com sua cirurgia. Todo cirurgião, sério, ético e responsável tem o dever de informar de que nenhum resultado é garantido e que nenhum resultado pode ser prometido.


O Portal Multiplix não endossa, aprova ou reprova as opiniões e posições expressadas nas colunas. Os textos publicados são de exclusiva responsabilidade de seus autores independentes.

TV Multiplix
TV Multiplix Comunicado de manutenção TV Multiplix Comunicado de manutenção
A TV Multiplix conta com conteúdos exclusivos sobre o interior do estado do Rio de Janeiro. São filmes, séries, reportagens, programas e muito mais, para assistir quando e onde quiser.