Vai viajar? Confira as dicas para organizar sua bagagem

Uma das dicas é priorizar as peças básicas, que podem ser usadas mais de uma vez

Por Sara Schuabb
28/12/18 - 10:35
Vai viajar? Confira as dicas para organizar sua bagagem Na hora de arrumar a bagagem, é preciso ser racional e se desapegar do guarda-roupas | Foto: Banco de Imagem

Neste fim de ano, muitas pessoas estão arrumando as malas para viajar, seja para passar o Réveillon ou para curtir as férias. Mas, na hora de organizar a bagagem nem sempre é fácil decidir o que é prioridade e o que pode ficar para trás. Pensando nisso, listamos algumas dicas de personal organizers para facilitar essa tarefa.

O tamanho da mala deve variar de acordo com o tempo que você ficará fora. Se a viagem for em família, com crianças, uma mala grande pode resolver, ou, então, uma mala menor para cada um pode ser a opção para uma melhor organização. Se a viagem for longa, também deve-se levar em consideração o tempo de permanência no local e se a hospedagem será em alguma residência ou hotel em que há a possibilidade de lavar roupas.

De qualquer maneira, na hora de selecionar o que levar, é necessário ser racional e desapegar-se do guarda-roupa. Como primeiro passo, pesquise o clima e a previsão do tempo da cidade destino, bem como dos locais que irá visitar e eventos dos quais pretende participar. A dica dos personal organizers é sempre priorizar peças básicas, que podem ser usadas mais de uma vez, como, por exemplo, o jeans e as camisetas. Em relação às cores, as neutras também ajudam a fazer combinações diversas, ao contrário das estampadas e chamativas. Mas é claro que uma mais extravagante você pode levar!

Para quem vai ao litoral, o ideal são as roupas leves, de banho, e o uso de chinelos e sandálias. Então, não é necessário exagerar na quantidade de sapatos, roupas pesadas e chiques. Opte por peças frescas que sejam versáteis.

Se o destino for um lugar de clima predominantemente frio, a dica é levar apenas um casaco quente, pesado, de cor neutra, como preto, marrom ou off white, e variar apenas as camisas e blusas de baixo.

Os sapatos devem seguir a estação. O ideal é optar por um confortável, que poderá ser usado com diversas combinações.

Como arrumar a mala

De acordo com os especialistas, depois de separar as peças, coloque na parte de baixo o que não amassa, como toalha de banho, roupa de cama, que podem ser esticadas, o jeans, e, por cima, os vestidos, camisas e as peças mais delicadas.

A forma de guardar a roupa também faz diferença. A dica é sempre dobrar o máximo próximo às costuras, para evitar amassos. Para otimizar o espaço, as camisetas podem ser enroladas e as roupas íntimas podem ser colocadas em sacos.

Quem vai à praia, pode esticar as cangas e organizar os biquínis e sungas em saquinhos plásticos individuais, para que, na hora da volta, não haja risco de molhar as roupas, caso tenha que guardá-las molhadas. Os sapatos também podem ser guardados em sacolas.

Para não ficar desconectado, é importante organizar um kit para a manutenção de eletrônicos, com carregador, cabo USB, adaptador, por exemplo.

Os produtos de higiene pessoal podem ser acomodados em uma bolsinha, tipo nécessaire, mas os frascos com líquidos devem ser colocados em sacos plásticos para evitar vazamentos. Por fim, não se esqueça de levar sacolas para guardar as roupas sujas.

Na bolsa de mão, a sugestão é: independentemente do destino, leve sempre um casaco, analgésico, medicamentos usais, garrafa d’água, carregador de celular, documentos de identificação e dinheiro em espécie.

Em relação ao peso da bagagem, se a viagem for de avião, é sempre importante verificar as políticas de bagagem da empresa aérea. A maioria permite levar, gratuitamente, uma bagagem de mão de até 10 kg e um item pessoal, como bolsa, notebook, tablet ou uma sacola com produtos comprados em free shops.

Documentação necessária

É preciso ter sempre em mãos um documento de identificação com foto, como RG, Carteira Nacional de Habilitação ou Carteira de Trabalho. Se preferir não andar com a original para evitar perdas, leve uma cópia autenticada no cartório.

Para viagens com crianças, é preciso ficar atento aos documentos de identificação exigidos, como Certidão de Nascimento e Carteira de Identidade com foto. No caso de viagem internacional, é preciso ter, além do RG, o passaporte e a autorização para viajar com o menor, caso o responsável não seja a mãe. Em alguns países, também é exigida vacinação para determinadas doenças, que devem ser tomadas com antecedência da viagem.