MENU

Portal Multiplix

Operação desarticula carreata que iria pedir a reabertura da economia em Nova Friburgo

Ação conjunta de órgãos da prefeitura e das polícias civil e militar teve o objetivo de desmobilizar o movimento, cumprindo regra judicial que proíbe carreatas durante a pandemia

Por Redação Multiplix
15/05/20 - 17:14
Operação desarticula carreata que iria pedir a reabertura da economia em Nova Friburgo Veículos da Polícia Militar na Via Expressa, no bairro de Olaria, durante ação para impedir carreata nesta sexta-feira, 15 | Foto: Maiara Gastin

A 151ª Delegacia de Polícia Civil, o 11º Batalhão de Polícia Militar, além de diversos órgãos da Prefeitura de Nova Friburgo, na Região Serrana do Rio, como a Secretaria de Ordem e Mobilidade Urbana, Posturas, Vigilância Sanitária, entre outros, realizaram uma operação conjunta na tarde desta sexta-feira, 15, para impedir a concentração de uma carreata na Via Expressa, no bairro de Olaria.

A manifestação havia sido organizada por meio das redes sociais, com o objetivo de pressionar pela flexibilização da abertura do comércio e da indústria da cidade, que estão fechados por conta das medidas de combate à pandemia de covid-19.

“A operação de hoje foi feita para impedir uma carreata, porque as carreatas estão proibidas por uma determinação judicial da 25ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, então compete às polícias civil e militar fazer essa repressão”, informou o delegado da 151ª DP, Henrique Pessoa, que estava presente na fiscalização.

O chefe da polícia civil de Nova Friburgo disse ainda que entende a situação dos empresários, mas é preciso cumprir a determinação.

“A gente compreende a situação difícil que os comerciantes e empresários estão passando, mas a gente está aqui cumprindo a nossa obrigação. Conversamos com algumas pessoas, tentamos dissuadi-los para tentar buscar uma saída negociada”, explicou.

Para um melhor diálogo sobre a situação, na tarde de quinta-feira, 14, o prefeito Renato Bravo se reuniu com seis empresários da cidade, que fazem parte de dois grupos de WhatsApp dedicados à pedir a reabertura econômica, para discutir a possibilidade de uma flexibilização.

Prefeito Renato Bravo durante reunião virtual com os seis empresários representantes do grupo que pede a reabertura do comércio e da indústriaPrefeito Renato Bravo durante reunião virtual com os seis empresários representantes do grupo que pede a reabertura do comércio e da indústria | Foto: Éder Dias

“Criaram um grupo grande com quase 500 pessoas. Ontem, a pedido do prefeito, chegamos, conversamos com essas pessoas e, desse grupo, foram escolhidos seis representantes. Eu solicitei para que eles levassem uma pauta para o prefeito remeter ao Comitê Operativo de Emergência (COE) e ao Ministério Público”, contou o assessor da prefeitura, Éder Dias.

Apesar de estarem no grupo, o assessor informou ainda que os empresários escolhidos como representantes não seriam a favor da carreata, mas da reabertura do comércio e da indústria. “Deixo claro que os seis empresários não são a favor da carreata”, disse.

O protesto foi organizado por parte dos integrantes do movimento que não concordou com a manutenção das medidas que restringem o funcionamento de diversos setores.

Após a operação da polícia, a carreata não ocorreu. Ainda segundo o assessor do Executivo, uma nova reunião com os empresários está prevista para a próxima terça-feira, 19.


É proibida a reprodução total ou parcial dos conteúdos do Portal Multiplix, por qualquer meio, salvo prévia autorização por escrito.
TV Multiplix
TV Multiplix Comunicado de manutenção TV Multiplix Comunicado de manutenção