MENU

Fale Conosco

(22) 3512-2020

Anuncie

Contato comercial

Trabalhe conosco

Vagas disponíveis

Denúncia revela falhas no setor de raio-X do Raul Sertã em Friburgo; exames estão paralisados

Técnica em Radiologia, que trabalha no hospital, fala sobre precariedades do serviço

Por Maíra Queiroz
17/01/24 - 10:26 | Atualizada em 18/01/24 - 09:53
Denúncia revela falhas no setor de raio-X do Raul Sertã em Friburgo; exames estão paralisados Raio-x está sendo impresso em papel A4 e não em película radiográfica ou entregue em CD | Foto: Reprodução/Redes Sociais

O Hospital Municipal Raul Sertã de Nova Friburgo, na Região Serrana, vem sendo criticado pela população não é de hoje. São reclamações que vão da falta de medicamentos a falhas nos atendimentos.

O Portal Multiplix teve acesso à reclamação de um pai que procurou atendimento no hospital, nessa segunda-feira, 15, para sua filha, de 11 anos.

Na ocasião, em que a menina torceu o pé, a máquina de raio-X encontrava-se com defeito e a impressão do exame foi realizada em um simples papel A4, como relatou Rodrigo Silva Veloso:

Hospital super lotado e, para variar, a máquina de raio-X com defeito e imprimindo um papel que nem para rascunho serve. A falta de estrutura, de planejamento, acaba dificultando esse trabalho. A gente tem o prefeito, que é o Executivo, tem o legislativo, que deveria estar fiscalizando, e a gente tem os funcionários para prestar o serviço, mas que não conseguem pela falta disso tudo. A saúde da cidade está à deriva. Aqui fica a indignação de um pai.

Desabafo de Rodrigo Veloso, nas redes sociaisDesabafo de Rodrigo Veloso, nas redes sociais | Foto: Reprodução/Redes Sociais

A técnica radiológica Clerenice Fernandes, do Hospital Raul Sertã, confirmou o fato e ainda revelou que o equipamento é obsoleto e tem apenas um para atender a demanda da população de Nova Friburgo inteira e de adjacências. A técnica ainda afirmou que o aparelho, conhecido como CR (radiologia computadorizada) já vem dando defeito há um tempo:

A gente tem uma processadora sucateada que já vem dando problema e no último domingo parou de vez. Na segunda-feira, tiraram uma peça e não deram mais satisfação. Pelo jeito não conseguiram consertar. Então, trouxeram uma tinta para trabalhar com o CR. Ele estava parado porque nem tinta tinha. Na segunda começaram a fazer os exames. O prefeito foi a público dizendo que é um equipamento de última geração, mas ele não foi instalado da forma correta. A gente precisaria de um sistema que distribui as imagens para os computadores dos médicos nos consultórios, o que não acontece.

Clerenice explicou que o certo seria esse exame ser feito em uma película radiográfica ou em CD, caso o paciente precise para uma perícia médica ou ele queira a imagem, porque é um direito dele. Porém, esse que está instalado atualmente, não tem esse sistema e nem as imagens ficam armazenadas, então, os funcionários precisam imprimir:

Na verdade, nós estamos tendo que imprimir em um papel A4 e os médicos se recusam a dar o laudo. Ninguém pode tirar a razão desses médicos de se recusarem a dar laudo porque a imagem fica totalmente sem qualidade, sem detalhamento, então, como o médico vai assinar um laudo de uma imagem que não tem condições de ser bem avaliada? Esses exames foram obrigados a serem suspensos por não terem condições de serem laudados. Se a gente fizer [o exame] é expor o paciente ao raio-x por nada, porque o médico não vai dar o laudo.”

Na manhã desta quarta-feira, a técnica radiológica confirmou que os exames solicitados pelo Sistema de Regulação (Sisreg) não estão sendo feitos por conta da falta do laudo:

Inclusive não tem médico radiologista no setor, de plantão, para que ele veja e dê o laudo na hora do processamento da imagem. Como as imagens não ficam armazenadas, não tem como fazer isso. Eles deram a entender que está tudo bem, que os exames estão sendo feitos conforme a demanda e que os exames do Sisreg podem ser laudados via computador, então, as pessoas ouvindo isso, e achando que está tudo sendo feito, quando, na realidade, não estão. Não tem como. Esse é o problema que nós ficamos indignados. Os exames não podem voltar a funcionar enquanto a gente não tiver a processadora.

O que diz a prefeitura

A reportagem do Portal Multiplix entrou em contato com a Prefeitura de Nova Friburgo na tarde dessa terça-feira, 16, e na manhã desta quarta, 17, para falar sobre as denúncias e quando o problema será resolvido.

Veja a resposta da prefeitura na íntegra:

"A Secretaria de Saúde informou que já abriu um canal de diálogo com os servidores do Setor de Raio-X, visando resolver os problemas apontados por eles, e o próprio secretário, que assumiu a gestão no último dia 4, esteve lá pessoalmente várias vezes desde então. A maioria dessas demandas precisa de licitação, cujos encaminhamentos já estão sendo feitos para adequar as estruturas física e de trabalho.

Na primeira semana do ano, foi concluída uma licitação de insumos para o setor e o material deve ser entregue em poucos dias. A processadora foi enviada para manutenção imediatamente após apresentar defeito e o atendimento do Sisreg foi suspenso temporariamente para não sobrecarregar o atendimento de urgência e emergência do Hospital Raul Sertã.

Já existe processo em andamento para a compra de equipamentos mais modernos para o setor de Raio-X , o que vai permitir agilidade na realização e o compartilhamento dos exames com o computador dos médicos. Nenhuma queixa formal ou recusa do exame impresso em papel foi registrada pelos médicos à direção do Hospital."

Na noite dessa quarta-feira, 17, a Prefeitura de Nova Friburgo publicou uma nova nota afirmando que o problema na unidade já foi resolvido e o serviço de raio-x encontra-se em funcionamento. Leia na íntegra:

A Secretaria Municipal de Saúde informa que o Raio-X do Hospital Municipal Raul Sertã foi liberado nesta quarta-feira, dia 17, e já está atendendo aos pacientes após passar por manutenção entre os dias 15 e 16, segunda e terça-feira. O reparo foi concluído em menos de 48 horas após a direção do hospital ser informada sobre o problema, fato ocorrido às 10h da manhã da segunda-feira.

Novo secretário de Saúde

A reportagem conversou com o novo secretário de Saúde do município logo após sair, no Diário Oficial, a mudança na cadeira da pasta.

Gabriel Wenderroschy falou sobre os próximos desafios e o que pretende fazer para melhorar a complexa área da saúde de Nova Friburgo.

Assista a matéria completa neste link.

Receba as notícias das regiões Serrana e dos Lagos no Rio direto no WhatsApp. Clique aqui e inscreva-se no nosso canal!


É proibida a reprodução total ou parcial dos conteúdos do Portal Multiplix, por qualquer meio, salvo prévia autorização por escrito.
TV Multiplix
TV Multiplix Comunicado de manutenção TV Multiplix Comunicado de manutenção
A TV Multiplix conta com conteúdos exclusivos sobre o interior do estado do Rio de Janeiro. São filmes, séries, reportagens, programas e muito mais, para assistir quando e onde quiser.