MENU

Portal Multiplix

Talento e superação: Jovem cantagalense se destaca no cenário nacional do basquete sobre rodas

Marcus William defende uma equipe do Paraná, campeã brasileira de basquete em cadeira de rodas

Por Paula Winter
05/10/20 - 08:43
Talento e superação: Jovem cantagalense se destaca no cenário nacional do basquete sobre rodas O cantagalense vem conquistando o basquete sobre rodas | Foto: Arquivo Pessoal/Marcus William

“O pessoal até fala que onde eu estou não existe clima ruim”. Essa autoestima de Marcus William da Costa Mendes, de 20 anos, esteve presente não só durante a entrevista, mas por toda a sua trajetória.

O jovem de Santa Rita da Floresta, 2º distrito de Cantagalo, na Região Serrana do Rio, vem se destacando no basquete nacional, numa modalidade um pouco diferente: sobre rodas.

Marcus nasceu com uma deficiência rara chamada hemimelia tibial, afetando a sua perna esquerda, que precisou ser amputada ainda quando era criança. Mas, desde pequeno, ele já ia atrás do que queria.

“Nunca me atrapalhou em nada. Sempre gostei de jogar bola, ficava até tarde na rua brincando”, conta.

Foi só com 16 anos que Marcus trocou o gol do campinho do bairro Novo Horizonte pelas cestas das quadras em Macaé, também no estado do Rio.

“Trabalhei um tempo na Fugro (empresa que presta serviços para a indústria de exploração e produção de petróleo e gás) e fiz uns cursos no Senai, ali conheci o Sérgio Barbosa, que já fazia parte do basquete, ele que me chamou para ir no basquete em cadeira de rodas (BCR). Comecei a treinar e jogar pelo Macaé de 2016 a 2019, jogando na primeira divisão pela ANDEFF”.

Nem precisou de quatro períodos para Marcus se apaixonar pelo esporte.

“Quando fui ver como era, foi amor à primeira vista (risos). Hoje estou em uma grande equipe chamada Kings Maringá, onde moro atualmente. João Barcelos e Henrique Gomes me ajudaram muito na minha caminhada até aqui, tenho um enorme carinho por eles”, conta.

A equipe do Paraná, inclusive, foi campeã brasileira de basquete em cadeira de rodas, na terceira divisão, em novembro do ano passado. O time garantiu a vaga para a segunda divisão de 2020, mas com a pandemia, os jogos estão parados e os treinos acontecendo em casa.

“Nossa rotina de treino era bem intensa, mas fazemos exercício de casa, de segunda a sexta, com as instruções da nossa treinadora (Ana Cardoso) e dos demais profissionais que temos em nosso time”, explica.

Foto: Arquivo Pessoal/Marcus William

Lembra da autoestima do cantagalense? Outra característica do jogador é a resiliência. Apesar da infância simples e das marcações da vida, Marcus driblou os adversários e agora faz um lance livre certeiro para o futuro.

“Minha família era muito humilde, mas eles sempre me apoiaram. Não foi fácil chegar aqui, mas cada obstáculo me deixou mais animado. Graças a Deus, hoje estou realizando um sonho. Quero evoluir ainda mais como jogador e ganhar bastante títulos, quem sabe também um dia conseguir entrar em quadra jogando pelo nosso país”, diz antes de completar.

“O limite é uma barreira criada por nós mesmos. Quem quer seguir esse caminho: não desista. Independente das dificuldades que virão, pessoas vão dizer que você não vai conseguir, que não é capaz, mas siga em frente! Você é capaz de tudo”.

Veja outras notícias da Região Serrana do Rio no Portal Multiplix.


É proibida a reprodução total ou parcial dos conteúdos do Portal Multiplix, por qualquer meio, salvo prévia autorização por escrito.
TV Multiplix
TV Multiplix Comunicado de manutenção TV Multiplix Comunicado de manutenção
A TV Multiplix conta com conteúdos exclusivos sobre o interior do estado do Rio de Janeiro. São filmes, séries, reportagens, programas e muito mais, para assistir quando e onde quiser.