MENU

Portal Multiplix

Fale Conosco

(22) 3512-2020

Anuncie

Contato comercial

Trabalhe conosco

Vagas disponíveis

Friburguense: período sem jogos é bom ou ruim para atletas?

Com duas semanas sem partidas oficiais, comissão técnica do Tricolor fala dos prós e contras da pausa forçada

Por Matheus Oliveira
29/07/19 - 14:13
Friburguense: período sem jogos é bom ou ruim para atletas? Sem jogos, o estádio Eduardo Guinle vem sendo palco dos treinos do Friburguense | Foto: Acervo/João Luccas Oliveira

A eliminação da Taça Santos Dumont deu ao Friburguense um período de duas semanas sem qualquer partida oficial. Essa é a chance de recuperar atletas e deixar o time em “ponto de bala” para a Taça Corcovado, o segundo turno da Série B1 do Carioca. Ao mesmo tempo, a falta de ritmo de jogo após essa pausa forçada é um fator a ser lamentado pela comissão técnica tricolor. Afinal de contas, a parada foi boa ou ruim para o Frizão?

O Friburguense, após ter sido eliminando pelo Maricá na primeira fase da Copa Rio, ficou apenas na quinta posição do Grupo B da Taça Santos Dumont (primeiro turno da B1) com 11 pontos ganhos, e, portanto, fora das semifinais. Após um início irregular, o time cresceu na reta final e fez sete pontos nas últimas três rodadas, se mantendo com chances de avançar à fase decisiva até a rodada final. O último jogo do Friburguense ocorreu no dia 20 de julho, contra o Campos, em Casimiro de Abreu.

Agora, o time prepara-se para a estreia na Taça Corcovado, o returno da competição, que acontece no próximo domingo, dia 4 de agosto diante do Sampaio Corrêa, às 15h, no Eduardo Guinle.

Com este tempo, a equipe pode focar em recuperar atletas e deixar todos no mesmo nível físico, com a mesma capacidade de suportar a rotina de jogos, viagens e concentrações.

“Do ponto de vista físico, o ganho é bem considerável! Posso, com essa paralisação, dar atenção para alguns atletas que estão abaixo da parte física e não vêm atuando nos jogos. Assim, consigo elevar a parte física deles sobre os outros. E as desvantagens desse período são a falta de jogos que lhe dão ritmo de jogo, algo que já tínhamos conseguido”, revela o preparador físico da equipe, Anderson Felizardo.

Anderson destaca ainda que esse período apenas treinando lhe permite realizar trabalhos de potencialização muscular, core trainning (treinos voltados para os músculos abdominais) força e resistência. De acordo com o preparador físico, assim o time vai ter um ganho físico e pode ter uma vantagem sobre os rivais.

O fisioterapeuta do Tricolor da Serra, Junior Arraes, também reforça que o grupo do time de Nova Friburgo vai poder se recuperar do desgaste físico apresentado na primeira parte da temporada. Ainda segundo o fisioterapeuta, os trabalhos realizados em períodos sem jogos ficam o mais próximo possível das situações enfrentadas em um jogo.

“A desvantagem é a diminuição do ritmo de jogo, onde o condicionamento real é adquirido e mantido. As vantagens são a recuperação dos atletas lesionados e a recuperação dos desgastes físicos dos que vinham atuando. Do ponto de vista físico, são realizados trabalhos que visam àa manutenção da preparação física, como musculação, trabalhos com bola em alta intensidade, preventivos, entre outros”, revela.

Já o técnico Cadão lamenta a perda do ritmo de jogo da equipe e diz que a ideia era realizar, ao menos, dois jogos amistosos, mas que não foi possível pelas equipes cariocas estarem no meio da temporada. Ele explica ainda que procura fazer trabalhos específicos como finalizações e cruzamentos junto com a parte física e tática com dias de treino integral (à tarde e à noite).

Por fim, Cadão avalia qual é a expectativa para a disputa do segundo turno da competição: “nossa expectativa é melhorar e entrosar mais o time para o returno, além de pontuar sempre nos jogos, porque só assim vamos ter chances claras de buscar o acesso”, completa.

Na Taça Santos Dumont, o Friburguense terá 10 jogos, sendo cinco em casa e outros cinco longe de seus domínios. O Tricolor da Serra enfrentará as equipes do Grupo A no returno do torneio estadual.


É proibida a reprodução total ou parcial dos conteúdos do Portal Multiplix, por qualquer meio, salvo prévia autorização por escrito.
TV Multiplix
TV Multiplix Comunicado de manutenção TV Multiplix Comunicado de manutenção
A TV Multiplix conta com conteúdos exclusivos sobre o interior do estado do Rio de Janeiro. São filmes, séries, reportagens, programas e muito mais, para assistir quando e onde quiser.