Edson Barboza perde para Paul Felder em decisão contestada dos árbitros do UFC 242

Em luta realizada no último sábado, 7, o lutador friburguense foi derrotado na decisão dividida dos juízes

Por Matheus Oliveira
09/09/19 - 12:52
Edson Barboza perde para Paul Felder em decisão contestada dos árbitros do UFC 242 Edson Barboza conheceu sua segunda derrota seguida no UFC | Foto: Divulgação/UFC

Um resultado polêmico! Assim pode ser classificado o duelo entre o lutador de Nova Friburgo, Edson Barboza, e o americano Paul Felder, que ocorreu no último sábado, dia 7 de setembro, no UFC 242, em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes. Isso porque o estadunidense derrotou o brasileiro na decisão dividida dos juízes (27-30, 29-28 e 30-27), quando muitos apontaram o triunfo do atleta da serra fluminense. Agora, Edson acumula cinco derrotas nas últimas seis lutas disputadas no Ultimate.

A luta

O duelo começou com Edson Barboza tomando a inciativa e desferindo chutes altos nas pernas de Felder. O americano tentava encurtar a distância e aplicar golpes no brasileiro, levando o rival para a grade. Edson conseguiu se desvencilhar e aplicar novos chutes na linha de cintura do adversário. Paul Felder levou novamente a luta para a grade e um choque acidental causou um corte na cabeça do americano.

Após ser examinado pelos médicos, o americano voltou tentando aplicar golpes no brasileiro, que usou sua envergadura para manter a luta na média distância e aplicar novos chutes no rival.

No segundo round, Edson tomou a iniciativa, encurtou a distância, e derrubou o americano. Em desvantagem na luta agarrada, Paul Felder tentou finalizar a luta com uma chave de braço, mas o friburguense escapou e levou a luta novamente para a trocação. Na reta final, o estadunidense tomou a iniciativa e passou a buscar o brasileiro no octógono. Edson se defendeu bem e aplicou novos golpes nos contra-ataques.

No último round, Edson tentou administrar a luta e o fôlego. Paul Felder passou a aplicar mais golpes e se movimentar mais no cage. O lutador friburguense tentava responder nos contra-ataques e quase acertou um soco rodado no rival. No fim do duelo, Barboza derrubou o rival e segurou o americano.

No fim, os juízes deram a vitória para Paul Felder, gerando a revolta do público presente, que vaiou o resultado, e do lutador friburguense, que, inconformado, saiu rapidamente do octógono.