A emoção de vestir a camisa da seleção pela primeira vez em um torneio oficial

Nomes novos chamados por Tite, Allan e Eder Militão, falam sobre a oportunidade de disputar a Copa América no Brasil

Por Matheus Oliveira
30/05/19 - 10:55
A emoção de vestir a camisa da seleção pela primeira vez em um torneio oficial Allan revela que a convocação para a Copa América foi uma emoção única | Foto: Divulgação/Pedro Martins (Mowa Press)

No Brasil, não é exagero dizer que nove em cada 10 meninos sonham ou já sonharam em ser jogador de futebol. Muitos ficam pelo caminho, mas para quem alcança o sucesso como atleta profissional, o maior desejo é vestir a camisa da seleção brasileira. Se o time verde e amarelo tem nomes consagrados como Neymar, novos atletas começam a surgir e revelam a emoção de disputar pela primeira vez uma competição oficial com o Brasil, casos do volante Allan e do zagueiro Eder Militão. Eles treinam com a equipe na Granja Comary, em Teresópolis, se preparando para a disputa da Copa América, e conversaram com a imprensa nesta quarta-feira, dia 29 de maio.

O volante carioca Allan, cria das categorias de base do Vasco, e atualmente no Napoli, da Itália, vai, aos 28 anos, disputar seu primeiro torneio internacional com a seleção. Ele afirmou que um filme passou em sua cabeça ao ser convocado para a Copa América e citou os motivos que o levaram a ganhar a confiança de Tite.

“É um sonho na vida do jogador poder representar a seleção brasileira nessa competição. Foi uma emoção única. A gente foi acompanhando as notícias pelo telefone. Venho mantendo boas atuações no meu clube e aproveitando as oportunidades nas últimas convocações. Sempre que vestimos a camisa da seleção tentamos dar o máximo”, disse.

“Eu também acho que a marcação, aliada à chegada na área adversária, é mais uma opção no estilo de jogo desejado pelo Tite”, disse ele, que afirma ainda estar à vontade na equipe pelas ideias de jogo parecidas entre o técnico brasileiro Tite e o italiano Carlo Ancellotti.

Eder Militão ganha oportunidade com Tite e acaba de ser contratado pelo Real MadridEder Militão ganha oportunidade com Tite e acaba de ser contratado pelo Real Madrid | Foto: Pedro Martins/Mowa Press

Já o zagueiro Eder Militão, aos 21 anos, vive um momento de sonho. Revelado pelo São Paulo, em menos de dois anos ele chegou ao Porto-POR, foi convocado por Tite e acaba de ser vendido pelo time português ao Real Madrid por R$ 215 milhões. Sem esconder a timidez, ele comentou sobre a emoção de atuar no time pentacampeão do mundo.

“Estou muito feliz de disputar uma competição oficial pela seleção e agora já vendido ao Real Madrid. Agora é focar na seleção e na disputa da Copa América.”