Comércio de Nova Friburgo espera aumento no movimento para o Dia das Mães

Comerciantes apostam que compras devem se intensificar a partir desta sexta. No estado do RJ, empresários estão mais cautelosos

Por Matheus Oliveira
08/05/19 - 15:26
Comércio de Nova Friburgo espera aumento no movimento para o Dia das Mães Movimento nas ruas de Nova Friburgo deve aumentar com a aproximação do Dia das Mães | Foto: João Luccas Oliveira

O Dia das Mães é um momento para celebrar a existência e a presença de quem nos trouxe ao mundo. E muitos filhos aproveitam a ocasião para dar aquele presente especial. Para o comércio, esta é a oportunidade de aumentar as vendas. Mas, com a economia nacional paralisada e o estado do Rio de Janeiro em crise, fica a pergunta: será que as vendas vão aumentar?

De acordo com pesquisa do Instituto Fecomércio de Pesquisa e Análises (IFec/RJ), os empresários fluminenses esperam um incremento discreto nas vendas no próximo Dia das Mães, segunda data mais importante do comércio, atrás apenas do Natal. Segundo o levantamento, o faturamento das vendas deve ser 1,7% maior do que no mesmo período do ano passado. Já os pedidos aos fornecedores foram reduzidos, este ano, em 6,7% em relação ao Dia das Mães de 2018.

Para 70,6% dos empresários consultados, não há necessidade de se contratar funcionários visando o movimento ocasionado pela aproximação da data. Já 22,9% dos entrevistados assumiram ainda não terem feito nenhuma contratação e 6,5% confirmaram já terem contratado mão de obra temporária. A sondagem ocorreu entre os dias 22 e 25 de abril e contou com a participação de 305 empresários do estado do Rio de Janeiro.

Em Nova Friburgo, na Região Serrana do Rio, os empresários se prepararam para a data, mas ainda aguardam o real aumento no movimento. O florista Dejanir Venturina, da Floricultura Nelson, situada no Centro, e que trabalha no segmento há 22 anos, destaca que os clientes costumam comprar o presente na última hora.

“Fiz uma compra 50% maior do que costumo fazer, especialmente para o Dia das Mães. Mas até o momento, o movimento ainda não cresceu, apesar de já ter recebido alguns telefonemas. Normalmente, o movimento cresce a partir de sexta-feira até domingo”, afirma.

Segundo comerciantes, orquídeas são algumas das flores mais vendidas no período que antecede o Dia das MãesSegundo comerciantes, orquídeas são algumas das flores mais vendidas no período que antecede o Dia das Mães | Foto: Banco de Imagem

Já no Horto Oliveira, no bairro Ponte da Saudade, a empresária Zélia Barros, no ramo de flores há 36 anos, também aguarda um movimento maior a partir de sexta.

“Por enquanto, as vendas seguem na mesma, mas pela minha experiência, a partir de sexta o movimento aumenta. As pessoas deixam para comprar na última hora. Normalmente, o que mais compram são orquídeas ou violetas”, declara.

No Bazar Opção, uma loja de decoração e utensílios diversos, no Centro do município, a expectativa está em alta. A gerente Fernanda Resende diz que comprou 40% mais para se preparar e conseguir um retorno com a data.

“Aumentamos nossas compras em até 40%. Já temos um movimento grande por sempre trabalharmos com promoções. Nesta semana, a procura por itens de decoração, eletrodomésticos ou peças de cerâmica aumentam, principalmente entre sexta e domingo. Vendemos também flores com diversos arranjos para nossos clientes presentearem suas mães”, relata.