MENU

Portal Multiplix

PF faz operação contra supostos desvios de verbas da saúde em Nova Friburgo

De acordo com comunicado da Polícia Federal, estão sendo cumpridos 6 mandados de busca e apreensão nesta quarta, 22, em quatro municípios do estado do Rio; operação Carona de Duque é em conjunto com o Ministério Público Federal e a Controladoria Geral da União

Por Redação Multiplix
22/01/20 - 09:19
PF faz operação contra supostos desvios de verbas da saúde em Nova Friburgo Polícia Federal deflagra operação conjunta com o MPF e a CGU contra supostos desvios de verbas da saúde | Foto: Reprodução/Agência Brasil

Em operação conjunta deflagrada na manhã desta quarta-feira, 22, chamada Carona de Duque, a Polícia Federal, o Ministério Público Federal e a Controladoria Geral da União investigam esquema criminoso que seria responsável por fraudes na compra de medicamentos da Prefeitura de Nova Friburgo, na Região Serrana do Rio.

De acordo com comunicado da PF, estão sendo cumpridos 6 mandados de busca e apreensão, nos municípios do Rio de Janeiro, São Gonçalo, Niterói e Nova Friburgo, com a participação de vários policiais federais e servidores da Controladoria Geral da União.

As investigações foram iniciadas pelo Ministério Público Federal e contaram com a participação da Polícia Federal e da Controladoria Geral da União, tendo sido levantado um prejuízo aos cofres públicos de mais de R$ 600 mil reais.

De acordo com o Ministério Público Federal (MPF), as buscas e apreensões estão sendo realizadas nos endereços de empresários e agentes públicos ligados ao esquema.

O caso

Segundo as investigações, o crime é praticado desde 2017 e consiste na contratação irregular de empresa pela prefeitura do município de Nova Friburgo, a qual deixou de fazer uma licitação para aderir a uma ata de preços, que de acordo com o que foi apurado, foi propositadamente superfaturada.

Ainda conforme a nota do MPF, revelou-se que o percentual superfaturado alcançou quase 80% do valor praticado pelo mercado. Como exemplo, enquanto o comprimido do medicamento Losartana Potássica 50 mg, na caixa com 30, custa, em média R$ 2,69, a Prefeitura de Nova Friburgo pagou valor 50% superior.

O outro evento já apurado pelo MPF refere-se à dispensa ilegal de licitação, desvio de verbas e corrupção passiva praticados em contratação emergencial de serviço de esterilização para Central de Materiais de Esterilização do Hospital Maternidade Dr. Mario Dutra de Castro.

“Os desvios de conduta reportados são graves e têm relação direta com a deterioração dos serviços de saúde pública no município, no ano de 2017 em diante, que vem afetando milhares de pessoas usuárias do SUS em Nova Friburgo e região circunvizinha”, relatam os procuradores da República João Felipe Villa do Miu e Felipe Almeida Bogado Leite, responsáveis pela investigação.

A reportagem tenta contato com a prefeitura.


É proibida a reprodução total ou parcial dos conteúdos do Portal Multiplix, por qualquer meio, salvo prévia autorização por escrito.
TV Multiplix
TV Multiplix Comunicado de manutenção TV Multiplix Comunicado de manutenção
A TV Multiplix conta com conteúdos exclusivos sobre o interior do estado do Rio de Janeiro. São filmes, séries, reportagens, programas e muito mais, para assistir quando e onde quiser.