Friburgo: moradores de Mury calculam prejuízos e ficam sem água após enchente

Casas e estabelecimentos do distrito ficaram cheios de lama. Moradores relatam ainda falta d’água para realizar a limpeza

Por Matheus Oliveira
28/02/19 - 12:34
Friburgo: moradores de Mury calculam prejuízos e ficam sem água após enchente Chuva deixou rastro de lama em diversos pontos de Mury | Foto: Reprodução/ Portal Multiplix

Após a chuva intensa que caiu no distrito de Mury, em Nova Friburgo, Região Serrana do Rio, na noite da última quarta-feira, dia 27 de fevereiro, moradores amanheceram tentando reparar os estragos e contabilizar o prejuízo ao terem suas casas alagadas e estabelecimentos tomados pela lama. Além disso, alguns deles relatam outro drama: a falta de água para poder limpar os locais atingidos pelo temporal.

De acordo com o trabalhador autônomo Vanderlei Souza, o alagamento ocorreu de maneira rápida e sem que ninguém esperasse. Ele relata que sua casa foi invadida pela lama e perdeu equipamentos de trabalho.

“Eu perdi bastante coisa e foi algo surreal, pois, em questão de minutos, houve o alagamento, sendo que não estava chovendo para isso. Só deu tempo de tirar algumas coisas. Não tem o que dizer porque foi coisa da natureza, agora é só realizar a retirada da lama e tentar retornar à normalidade”, declara.

Ele também diz que não pode limpar a casa em razão da falta de água.

“O grande transtorno é que estamos sem água para retirar a lama. Peguei uma bomba emprestada para puxar água do rio e tirar o excesso. Não conseguimos nem ligar e não atendem a gente”, afirma.

Móveis em meio à lama dentro de casa atingida pela inundaçãoMóveis em meio à lama dentro de casa atingida pela inundação | Foto: Reprodução/ Portal Multiplix

Outras casas do distrito também foram atingidas pela lama. O campo de Mury também ficou cheio de lama em razão das chuvas fortes.

Veja também:

Assim como os moradores, os proprietários de bar e cervejaria da localidade também calculam os prejuízos, conforme relata Mara Júlia Vieira, 38 anos.

“Fomos pegos de surpresa, pois não estava chovendo tanto e estávamos tranquilos em nossa casa, quando recebemos a notícia de que as pessoas estavam passando por aqui e relatando o alagamento. Quando chegamos no estabelecimento, por volta das 22h, não acreditamos no que víamos, pois chegou lama na cozinha, que tem até degraus para chegar nela. Além disso, também entrou lama em um dos nossos carros, mas, felizmente, não atingiu a parte de alimentos e a cervejaria. Mas perdemos alguns sacos de malte e rótulos. Uma das nossas caixas d’águas foi quebrada e a gente está sem água, no momento”, conta, revelando que em outras ocasiões já ficou sem água após fortes chuvas.

Monitor de computador em estabelecimento comercial de Mury atingido pela enchenteMonitor de computador em estabelecimento comercial de Mury atingido pela enchente | Foto: Reprodução/ Portal Multiplix

A empresária destaca ainda que a casa teve de adiar os eventos programados para esta quinta-feira.

“Ainda tivemos que cancelar nosso evento desta quinta-feira e não conseguimos limpar em razão da falta de água. Pretendemos recuperar os prejuízos e retornar depois do carnaval”, conclui.

Em nota, a concessionária responsável pelo abastecimento de água em Nova Friburgo informa que, devido “às fortes chuvas que ocorreram nos últimos dias na área de captação do manancial, o sistema de abastecimento da Estação de Tratamento (ETA) de Debossan foi interrompido na noite de quarta-feira. O sistema precisou ser paralisado para atender os padrões de potabilidade estabelecidos pelo Ministério da Saúde”.

Os bairros afetados são: Bela Vista, Debossan, Mury, parte do Parque Imperial, Perissê, Ponte da Saudade, Cordoeira, Olaria, Paissandu, Parque São Clemente, Centro, Braunes, Tingly, Vila Guarani e Ypu.