Uma viagem no tempo e na história! Colégio Anchieta abre as portas para visitação

Tradicional instituição de ensino da cidade inicia tour pelas dependências a partir deste sábado às 9h

Por Matheus Oliveira
23/08/19 - 15:33
Uma viagem no tempo e na história! Colégio Anchieta abre as portas para visitação Histórico prédio do Colégio Anchieta vai poder ser visitado aos sábados, domingos e feriados | Foto: Acervo/João Luccas Oliveira

Um pouco da própria história de Nova Friburgo está nas paredes do Colégio Anchieta, um dos mais tradicionais do município serrano. E para revelar isso a turistas e aficionados pelo local, a instituição centenária vai abrir suas portas para visitação guiada. A primeira visitação está prevista para ocorrer neste sábado, dia 24 de agosto, a partir das 9h. Os ingressos custam R$10,00, de acordo com a empresa responsável por guiar o tour.

As visitas vão acontecer aos sábados, domingos e feriados, em dois horários, às 9h e 11h30, em grupos de até 40 pessoas. A passagem pelas salas da instituição de ensino deve ter, em média, pouco mais de uma hora, passando pelos estudos em épocas passadas do colégio, a fé dos jesuítas, a música, o esporte e fatos que coincidem com a história da cidade. Os grupos para as visitas são formados na hora e acompanhados por um mediador.

De acordo com uma das responsáveis pelo tour e integrante da empresa Raiz Turismo Receptivo, Laís Erthal, a direção do Colégio Anchieta teve a ideia de abrir o local para visitação, visto que já havia um espaço destinado a esta finalidade, mas que existia uma dificuldade operacional. Assim, a empresa foi chamada para gerenciar as visitas.

“A partir de agora, quem realizar o Tour Anchieta, terá a oportunidade de ter uma vivência muito ampla, que envolve cultura, fé, história esporte, enfim uma viagem no tempo. Os objetivos da visita são abrir as portas de um prédio centenário para toda a população e seus visitantes. Dessa maneira, multiplicar a história, fatos marcantes e até mesmo a história não escrita. Afinal só assim podemos mudar o nosso futuro”, afirma Laís.

Segundo Laís, a abertura do espaço é um fato marcante do ponto de vista histórico e para a promoção do conhecimento. Ela detalha ainda quais locais devem ser visitados durante o tour.

“O Tour Anchieta acontece em uma área específica da instituição. Visitamos o hall de entrada, as centenárias escadas, a biblioteca com milhares de livros de diferentes títulos, além de salas que são uma viagem no tempo, como a sala de aula retrô, a sala de música e a sala de arte sacra. Todas guardam muitas relíquias e vamos poder interagir com cada uma delas”, afirma.

Ela também afirma que além das questões religiosa e educacional, a visita será muito mais ampla.

“Diferente do que possa se pensar, a visita não se restringe aos temas de fé, história e educação. Ela é muito mais ampla e diversa. A visitação aborda temas relativos à cidade, a fatos mundiais, ao esporte, música, entre outras coisas. Mas o mais importante é dar a oportunidade de as pessoas interagirem com o lugar visitado. Mas para entender melhor isso, vai ser preciso fazer a visita”, destaca.