Nova Friburgo: homem coloca fogo em residência e vítimas têm 90% do corpo queimado

Segundo informações preliminares do 6º GBM, suspeito seria ex-marido de uma das mulheres atingidas pelas chamas

Por Matheus Oliveira
08/10/19 - 11:37 | Atualizada em 08/10/19 - 16:33
Nova Friburgo: homem coloca fogo em residência e vítimas têm 90% do corpo queimado Bombeiros realizaram o resgate de vítimas de incêndio em Nova Friburgo | Foto: Arquivo/Frank Martins

Rodrigo Alves Maroti, de 30 anos, ateou fogo em uma residência com duas mulheres, na noite da última segunda-feira, dia 7 de outubro, no Condomínio Parque dos Alpes, na RJ-142, conhecida como estrada Serramar. As duas tiveram 90% do corpo queimado e estão em estado grave, segundo informações do 6ºGBM. O homem foi preso no mesmo dia pela Polícia Civil e confessou o crime.

Segundo a Polícia Civil, o autor do crime disse, em depoimento, que tinha uma sociedade com sua ex, Alessandra Vaz dos Santos, de 47 anos, e que após o fim do namoro, a vítima não estaria cumprindo sua parte no acordo e que, por isso, perdeu a cabeça. A outra mulher, amiga de Alessandra, se chama Daniela Mousinho da Silveira e tem 47 anos.

De acordo com o comandante do 6º GBM, coronel Thiago Alecrim, a corporação foi acionada por volta das 22h30. Três viaturas foram destacadas para o local. A Polícia Militar realizou buscas no imóvel e a Defesa Civil também foi acionada, pois existe risco de dano estrutural. O fogo foi controlado durante a noite.

O Corpo de Bombeiros informa que, de acordo com informações preliminares, uma das vítimas seria a ex-mulher do suspeito do crime e a segunda vítima, uma amiga. As duas foram encaminhadas para o Hospital Raul Sertã. A ex de Rodrigo foi transferida para uma unidade particular e a outra vítima deve ser encaminha para um hospital especializado em queimaduras na Baixada Fluminense.

A Polícia Militar informa que três agentes foram enviados ao local e que o homem teria trancado as vítimas em um cômodo antes de incendiar a casa. A PM destaca ainda que o homem fugiu em um carro após ter cometido o crime e foi capturado em Lumiar. Segundo a 151ªDP, o autor do crime vai responder por feminicídio.