MENU

Portal Multiplix

Mulher fica pendurada no Dedo de Deus e é resgatada pelos Bombeiros

Turista de Curitiba estava acompanhada de uma amiga que também precisou ser resgatada, na madrugada de segunda-feira, 15

Por Luisa Machado
16/07/19 - 11:10
Mulher fica pendurada no Dedo de Deus e é resgatada pelos Bombeiros Mulheres foram encontradas no alto do Dedo de Deus, em Teresópolis | Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros

Durante aventura no Dedo de Deus, em Teresópolis, na Região Serrana do Rio de Janeiro, duas turistas curitibanas tiveram que ser resgatadas após ficarem presas ao descerem do alto da pedra.

Uma das mulheres conseguiu parar em um platô, mas a amiga, que a acompanhava durante a descida, passou direto da posição e ficou pendurada a uma altura de cerca de 50 metros entre dois pontos seguros. A corda que sustentava a escaladora impossibilitou que ela subisse de volta ou continuasse a descida

O chamado para o Corpo de Bombeiros de Teresópolis chegou às 23h de domingo, 14 de julho, mas apenas na madrugada do dia seguinte, às 3h da manhã, é que o resgate começou.

Segundo informações do 16º Grupamento de Bombeiros Militares (GBM), o pedido de ajuda foi feito pelo telefone da vítima que, por sorte, estava carregado e tinha sinal.

A operação de salvamento durou cerca de sete horas e foi feita por seis militares profissionais em montanhismo, que receberam o chamado em um dia de folga e voluntariaram-se para a ação.

A vítima que estava pendurada pela corda apresentava ferimento no rosto e foi encaminhada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Teresópolis, mas foi liberada em seguida. A segunda mulher também passa bem.

Em entrevista ao Portal Multiplix, o representante do 16º GBM, comandante Fábio Gonçalves, ressaltou a importância das normas de segurança para quem pratica esse tipo de atividade.

“Esse tipo de atividade deve ser feita sempre com uma pessoa te acompanhando. É importante conhecer o local e ter a técnica para fazer a trilha, caminhada ou escalada de sua escolha. Estar acompanhado de pessoas que têm entendimento da área é um diferencial. Lembre-se de avisar sempre aos familiares qual é o tipo de cenário que vai ser enfrentado, como o destino, o dia de chegada e de retorno do passeio. É claro que uma alimentação básica, abrigo para o frio e kit de primeiros socorros também são essenciais. Telefone carregado também é importante, pois pode salvar a sua vida!”