Cresce número de atendimentos em acidentes de trânsito em Friburgo e Teresópolis

Dados divulgados são do anuário de atendimentos do Corpo de Bombeiros 2018, divulgado no início de agosto

Por Luisa Machado
06/08/19 - 12:14
Cresce número de atendimentos em acidentes de trânsito em Friburgo e Teresópolis Número de atendimentos realizados cresceu em Nova Friburgo e Teresópolis | Foto: Arquivo/Frank Martins

Foi divulgado, na última quinta-feira, dia 1º de agosto, o Anuário do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro (CBMERJ) de 2018, com informações sobre os atendimentos prestados pela instituição durante todo o ano passado. Entre esses dados, estão os de Atendimentos de Transporte Terreste (ATT), que mostram as colisões envolvendo os diferentes tipos de veículos, os atropelamentos, as quedas de motocicletas e de bicicletas, assim como os capotamentos.

Na área do 6º Grupamento de Bombeiros Militares (GBM), responsável pelo atendimento nas cidades de Nova Friburgo, e também na região do 16º GBM, de Teresópolis, ambas na Região Serrana do Rio, o número de Atendimentos de Transportes Terrestres aumentou, se considerado o levantamento de 2018 comparado ao de 2017.

Em Nova Friburgo, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e do Departamento de Trânsito do Estado do Rio de Janeiro (Detran), para uma população estimada de 190 mil pessoas, em 2017, existiam cerca de 123 mil veículos nas ruas da cidade. Naquele ano, o 6º GBM realizou 592 atendimentos de transportes terrestres. Em 2018, foram 622 atendimentos, enquanto mais de 127 mil veículos rodavam por Nova Friburgo.

Com uma população estimada de 180 mil pessoas, o município de Teresópolis contava, em 2017, com cerca de 97 mil veículos registrados, entre automóveis, motocicletas, caminhões, ônibus, entre outros. Naquele ano, o 16º GBM realizou 504 assistências relacionadas a acidentes com veículos. Segundo o novo anuário, em 2018, o número de atendimentos de transporte terrestres subiu para 548.

O anuário disponibilizado pelo Corpo de Bombeiros do Rio foi examinado pelo governador do estado, Wilson Witzel, e feito sob inspeção do secretário de Estado de Defesa Civil e Comandante-Geral do CBMERJ, Coronel Roberto Robadey Costa Junior. No anuário, também é possível encontrar dados do número de assistências pré-hospitalares prestadas pela instituição, assim como salvamentos, casos de incêndio, entre outros atendimentos.