Como está o funcionamento dos bancos de leite materno de Friburgo e Teresópolis?

Teresópolis está sem banco desde 2015. Em Friburgo, unidade funciona na maternidade municipal

Por Sara Schuabb
23/05/19 - 10:27
Como está o funcionamento dos bancos de leite materno de Friburgo e Teresópolis? Semana Nacional de Doação de Leite Humano visa sensibilizar a sociedade para a importância do leite materno | Foto: Banco de Imagem

Estamos na Semana Nacional de Doação de Leite Humano, iniciada no último domingo, 19 de maio, com o objetivo de sensibilizar a sociedade para a importância do leite materno na formação do sistema imunológico e no desenvolvimento saudável do bebê nos primeiros meses de vida, mas a data é também para incentivar a doação a bancos de leite humano, para atender aqueles bebês cujas mães que não conseguem, por diversas razões, amamentar.

Segundo a legislação que regulamenta o funcionamento dos bancos de leite no Brasil (RDC Nº 171), “a doadora, além de estar com excesso de leite, deve ser saudável, não usar medicamentos que impeçam a doação e se dispor a ordenhar e a doar o excedente”.

Em Nova Friburgo, o banco de leite humano funciona no Hospital Maternidade Dr. Mario de Castro Dutra desde 2001. Segundo a Secretaria de Saúde, o banco recebe uma média de seis litros de leite humano por mês, que passa por processo de pasteurização e é utilizado por pacientes da própria maternidade e levado também para hospitais particulares.

De acordo com último relatório da Rede de Bancos de Leite Humano, vinculada à Fundação Oswaldo Cruz, em Nova Friburgo, foram registrados, no período de janeiro a abril de 2019, 70 doadoras de leite humano e 38 receptores.

O banco de leite humano da maternidade de Nova Friburgo funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 11h55 e das 12h às 16h, na Travessa Antônio Fernandes Moreira, 12, no Centro.

Teresópolis

Em Teresópolis, de acordo com informações da Secretaria Municipal de Saúde, em situações em que é necessária a coleta de leite materno, a Secretaria de Saúde precisa da cooperação de outros municípios, pois o Posto de Coleta de Leite Humano (PCLH) está em reestruturação desde 2015.

Em nota, a municipalidade explica: “desde 2015 a coordenação do posto de coleta, com a transferência do Centro Materno Infantil que estava lotado na antiga Casa de Saúde Nossa Senhora de Fátima, assim como o PCLH, tomou, junto com o secretário de Saúde, à época, a decisão de desativar temporariamente o PCLH. Ao assumir a nova gestão, o atual secretário solicitou o levantamento de todo material e equipamento vinculado ao posto de coleta e estabeleceu que o Centro Materno Infantil promova, o mais breve possível, a reinstalação do PCLH, e também estuda a possibilidade de firmar convênio com uma das maternidades municipais para instalar essa atividade no melhor local para acesso ao leite pelas mães que necessitam desse apoio ao nascimento”.

Doar leite materno pode ajudar muitas mães com dificuldades para amamentarDoar leite materno pode ajudar muitas mães com dificuldades para amamentar | Foto: Banco de Imagem

Orientações da Rede Brasileira de Bancos de Leite Humano para quem pretende doar

- Preparação para a coleta

  • Escolha um frasco de vidro com tampa plástica, pode ser de café solúvel ou maionese;

  • Retire o rótulo e o papelão que fica sob a tampa e lave com água e sabão, enxaguando bem;

  • Em seguida coloque em uma panela o vidro e a tampa e cubra com água, deixando ferver por 15 minutos (conte o tempo a partir do início da fervura);

  • Escorra a água da panela e coloque o frasco e a tampa para secar de boca para baixo em um pano limpo;

  • Deixe escorrer a água do frasco e da tampa. Não enxugue;

  • Você poderá usar quando estiver seco.

Preparação para retirar o leite humano

O leite deve ser retirado depois que o bebê mamar ou quando as mamas estiverem muito cheias. Ao retirar o líquido, é importante que você siga algumas recomendações que fazem parte da garantia de qualidade do material distribuído aos bebês hospitalizados.

  • Escolha um lugar limpo, tranquilo e longe de animais;

  • Prenda e cubra os cabelos com uma touca ou lenço;

  • Evite conversar durante a retirada do leite ou utilize uma máscara ou fralda cobrindo o nariz e a boca;

  • Lave as mãos e antebraços com água e sabão e seque em uma toalha limpa.