Sócios do Friburguense elegem Jones Canto como novo presidente do clube

Empresário, o novo mandatário irá comandar a instituição pelo próximo triênio em substituição a Wagner Faria

Por Matheus Oliveira
12/11/18 - 16:14
Sócios do Friburguense elegem Jones Canto como novo presidente do clube Jones Canto (o primeiro à esquerda) iniciará seu segundo mandato à frente do clube da Região Serrana | Foto: Divulgação/Vinicius Gastin (Friburguense)

Clube de maior representação no futebol da Região Serrana, o Friburguense terá um novo comando no próximo triênio (2019/2021) em substituição ao atual presidente Wagner Faria. Isso porque no último domingo, dia 12 de novembro, o empresário Jones Canto venceu a eleição geral do clube com um total de 42 votos. O rival Cláudio Hebis Dutra obteve três votos. Estavam aptos a votar, segundo o site oficial do Tricolor da Serra, um total de 30 conselheiros e 27 beneméritos.

O novo mandatário do Tricolor Serrano, que era o candidato da situação, já presidiu o clube entre as temporadas de 2001 e 2003, além de ter exercido diversos cargos na direção do clube, participando também da atual gestão.

"O nosso grupo está montado desde 1999. São 33 pessoas que vêm mantendo o clube, com um presidente e os conselheiros. O nosso objetivo é sempre buscar o melhor para o Friburguense. O que queremos para agora é levar o nosso futebol de volta à primeira divisão do estadual. A parte administrativa do clube, visual, está tudo tranquilo e bem arrumado. O foco mesmo é o futebol", afirma Jones Canto ao site oficial do Frizão.

De acordo com o presidente eleito, o Tricolor da Serra terá a manutenção do clube social como prioridade em sua gestão, trazendo esforços maiores para o futebol profissional, que seguirá comandado pelo atual gerente de futebol, José Siqueira.

“Já tive duas reuniões com o Siqueira. Vamos manter essa estrutura do futebol, e se tudo correr bem, vai continuar por mais dois anos", revelou.

Já o atual mandatário, Wagner Faria, destacou o clima de harmonia que marcou a eleição do Friburguense.

"A eleição é sempre um processo democrático, onde todos podem participar. É um momento com alegria e descontração, como a gente observou neste domingo. Torço para que seja feito um brilhante mandato à frente do Friburguense, e estaremos unidos. Eu vou estar sempre pronto a ajudar, pois o clube está acima de tudo, é o nosso motivo de orgulho", avaliou.