MENU

Portal Multiplix

Lutador friburguense celebra medalhas ao participar de tour pela Europa

Confira a trajetória do atleta e quantas láureas ele conquistou no velho continente

Por Matheus Oliveira
02/12/19 - 09:57
Lutador friburguense celebra medalhas ao participar de tour pela Europa Kleiton Teixeira comemora resultados em eventos disputados na Europa | Foto: Reprodução/Redes Sociais

A Europa aos pés de um friburguense. Assim pode ser resumida a passagem do lutador de jiu-jitsu, Kleiton Teixeira, de Nova Friburgo, pelo velho continente.

O lutador fez recentemente um tour pelo território europeu e conquistou medalhas em torneios como Londres Open IBJJF, Roma Open IBJJF e o Europeu sem Kimono (No-Gi).

“Estar na Europa foi a realização de um sonho e espero que não seja a única oportunidade”, comemora o lutador, que fez 11 lutas no velho continente.

Kleiton conquistou duas pratas em Londres, além de outra prata e dois bronzes na capital italiana.

“Trabalhei muito para chegar até esse tour. Fui vice-campeão nas lutas com e sem kimono. Em Roma, fui vice-campeão na competição com kimono e terceiro lugar na categoria absoluto, que é peso livre. No Europeu sem kimono, de maior projeção, fiquei em terceiro lugar. Sou muito grato a Deus que me abençoa muito”, explica o atleta.

Kleiton conta que focou na preparação física e isso o ajudou a ter um gás maior. Ele diz que foca sempre em melhorar seu jogo e não em tentar anular o rival. O friburguense concilia os treinos com as aulas que ministra e com a carreira de árbitro de jiu-jitsu. Em sua rotina, ele costuma treinar diariamente duas horas da modalidade, além de uma hora de trabalho físico.

Foco, força e fé

Todas essas conquistas vêm como consequência de uma mudança de vida. No passado, o esportista era fumante e passou a lutar para ganhar mais saúde e deixar o vício pelo tabaco de lado, fazendo do jiu-jitsu, a sua vida.

Além da busca pela mudança no plano pessoal, Kleiton também olha para o lado social. Ele oferece uma chance para crianças, no bairro Alto de Olaria, onde vive e foi criado.

“Tenho um projeto na minha casa, em que ministro aulas de jiu-jitsu para 14 alunos. Leio também a Bíblia e tento levar uma palavra de ajuda a eles. Damos lanches e kimono. Eu acho recompensador porque não tem prêmio maior do que tirar um sorriso dessas crianças”, detalha.

Planos futuros

Kleiton destaca que está buscando novos parceiros e segue se preparando para o ano que vem, com o intuito de disputar três eventos no exterior em 2020. Contudo, ressalta a importância de mais incentivo para que os atletas da cidade possam se desenvolver.

“As maiores dificuldades são em relação ao patrocínio. Nesta viagem (para a Europa), gastei por volta de R$ 8 mil. Se você me perguntar como eu fiz isso, eu não sei. Foi Deus. Uma viagem simples para Curitiba, eu gasto mil reais. Temos alguns apoiadores, mas muitas dificuldades em relação a patrocínio”, desabafa.

Kleiton Teixeira com as medalhas conquistadas durante competições realizadas na EuropaKleiton Teixeira com as medalhas conquistadas durante competições realizadas na Europa | Foto: Reprodução/Redes Sociais