MENU

Portal Multiplix

Edson Barboza é derrotado por Dan Ige em decisão contestada no UFC

Atleta foi superado em decisão dividida dos juízes na noite do último sábado, 16

Por Matheus Oliveira
18/05/20 - 13:54
Edson Barboza é derrotado por Dan Ige em decisão contestada no UFC Em luta com resultado polêmico, Edson Barboza perdeu pela quinta vez nas últimas seis lutas | Foto: Divulgação/UFC

Uma decisão polêmica e contestada dos juízes gerou a derrota do lutador friburguense Edson Baborza em sua estreia nos pesos penas do UFC. O atleta acabou superado pelo americano Dan Ige, por decisão dividida (29-28, 28-29 e 29-28), na noite do último sábado, dia 16 de maio, no UFC Fight Night 172, realizado em Jacksonville, na Flórida, nos Estados Unidos.

A luta foi a quinta derrota do brasileiro em seis lutas que desceu de categoria após quase dez anos no peso leve. Ele ocupa atualmente a 11ª posição no ranking do peso leve.

A luta

O duelo começou com Dan Ige se movimentando e andando para frente tentando encurtar a distância e dando os primeiros golpes.

Aos poucos, usando sua envergadura e habilidade no Muay Thay, Edson passou a acertar chutes e com um cruzado de esquerda derrubou o adversário. Assim, o brasileiro foi para cima do havaiano no chão e desferiu socos importantes.

Os dois atletas se levantaram e Dan Ige tentou novamente encurtar a distância para golpear o friburguense. Entretanto, Edson foi mais contundente ao abalar o rival com novo cruzado de esquerda. O havaiano respondeu em seguida com uma joelhada voadora no rosto do brasileiro.

No segundo round, Ige voltou encurtando a distância e buscando a trocação franca, aplicando mais golpes em Edson. O atleta de Nova Friburgo respondeu com chutes e joelhadas.

Dan Ige buscou a queda e Barboza se defendeu. No fim, a luta terminou no chão com Edson conectando alguns socos.

No terceiro e último round, os atletas seguiram na trocação franca, acertando alguns jabs no oponente. Na reta final, Ige conseguiu derrubar o lutador friburguense e conectou alguns socos antes do árbitro encerrar o duelo.

No fim, dois juízes deram o triunfo para o havaiano e um para o brasileiro. Tal decisão causou questionamentos de diversas personalidades do mundo da luta como o próprio presidente do UFC Dana White.

Agora, o atleta de Nova Friburgo soma 20 vitórias e nove derrotas no cartel do UFC.


É proibida a reprodução total ou parcial dos conteúdos do Portal Multiplix, por qualquer meio, salvo prévia autorização por escrito.
TV Multiplix
TV Multiplix Comunicado de manutenção TV Multiplix Comunicado de manutenção