MENU

Portal Multiplix

Dia de festa no Maraca! Fla-Flu decide o Campeonato Carioca de 2020

Ex-jogadores que disputaram o clássico revelam o que esperar da final desta quarta

Por Matheus Oliveira
15/07/20 - 16:37
Dia de festa no Maraca! Fla-Flu decide o Campeonato Carioca de 2020 Arrascaeta e Nenê são candidatos a protagonistas do clássico desta quarta | Fotos: Reprodução/Marcelo Cortes (Flamengo) e Lucas Merçon (Fluminense)

Hoje tem grito de campeão no Maracanã! Como muitas vezes ocorreu na história, Flamengo e Fluminense escrevem mais um capítulo da centenária história do clássico mais charmoso do Brasil. Nesta quarta-feira, dia 15 de julho, os arquirrivais se enfrentam a partir das 21h, no Maracanã, na finalíssima do Campeonato Carioca.

O Flamengo, campeão da Taça Guanabara, venceu o primeiro jogo por 2 a 1 e tem a vantagem do empate para conquistar o título. O Rubro-Negro possui ainda a melhor campanha geral da competição.

Para falar sobre a final, a reportagem conversou com dois personagens que disputaram Fla-Flus decisivos no início dos anos 2000.

O ex-zagueiro Fernando Santos, campeão carioca e da Copa dos Campeões em 2001 e da Copa do Brasil de 2006, prevê um jogo equilibrado e com o mesmo perfil das últimas partidas.

“Acredito que o Fluminense, apesar de precisar sair em busca do resultado, vai manter o posicionamento proposto pelo Odair, que já entendeu os espaços que precisa ocupar, como as costas dos laterais do Flamengo. Ele empurrou o Marcos Paulo em cima do Rafinha e levou vantagem. Já o Flamengo deve sair para o jogo e não jogar pela vantagem. No último jogo, o time já tinha criado algumas chances, que poderiam ter mudado o rumo que a partida tomou”, afirma.

Ele acredita que o Tricolor das Laranjeiras tem condições de reverter a vantagem do Fla, mas aposta que o Rubro-Negro leva seu 36º título estadual e que deve superar o rival por 3 a 1.

O ex-defensor dividiu a zaga do Flamengo com nomes como Juan e Gamarra e destaca momentos importantes que viveu com a camisa rubro-negra no clássico.

“Um Fla-Flu que marcou muito foi a final da Taça Guanabara de 2001, quando vencemos o Fluminense nos pênaltis e houve uma cobrança do Cássio que a bola quicou fora do gol e entrou. Outro momento importante foi em um Fla-Flu foi um jogo em que fraturei o rosto e goleamos por 5 x 2, em 2002, pelo Brasileiro”, declara.

Após se destacar no Vasco, o ex-meia Alex Oliveira também teve uma passagem importante pelo Fluminense entre 2003 e 2005. E esse vínculo faz o antigo meio de campo torcer pelo Tricolor das Laranjeiras.

Ele acredita que Odair Hellmann encaixou a equipe e a fez aprender a jogar contra o Fla.

“Acredito que o Flamengo demonstrou um maior interesse na competição. E, pelo elenco que tem, possui a obrigação da conquista. Entretanto, o Odair faz um grande trabalho e tornou a equipe, mesmo com um tempo menor de treinos, render bem diante do rival. O Fluminense evoluiu muito do primeiro jogo do retorno até esta decisão”, afirma.

Assim, ele acredita que o Fluminense deve reverter o favoritismo flamenguista e vencer por 2 x 1, garantindo a taça nos pênaltis. Tal cenário de favoritismo do Flamengo faz Alex relembrar de seu Fla-Flu mais marcante.

“Minha melhor lembrança do Fla-Flu foi o segundo jogo da semifinal do Carioca de 2003. O Flu perdeu o Carlos Alberto e o Jancarlos para a seleção sub-20 e eles não foram liberados para a semifinal. Assim, muita gente da imprensa afirmou que o Flamengo era favorito por ter melhores peças. Além da motivação de provar o contrário quando entramos no Maracanã, vimos cerca de 600 torcedores nos apoiando. Entramos no vestiário confiantes e certos da vitória”, revela.

No jogo, o Fluminense não deu chances ao Rubro-Negro e goleou por 4 x 0 com direito a um gol de Alex. Além disso, Ademílson, duas vezes, e Fábio Bala completaram o placar.

O jogo

O Flamengo aposta na força do seu setor ofensivo, melhor ataque do torneio com 33 gols, com nomes como Everton Ribeiro, Arrascaeta, Pedro e Bruno Henrique. Ao lado do Volta Redonda, o clube da Gávea também tem a melhor defesa da competição com 11 gols sofridos.

O técnico Jorge Jesus tem o desfalque do atacante Gabigol, expulso na última partida. O lateral Rafinha é dúvida.

Já o Fluminense, campeão da Taça Rio, e segunda melhor campanha geral, precisa vencer por um gol de diferença para levar a decisão para os pênaltis. Triunfo tricolor por dois ou mais gols de diferença garante ao título para o clube das Laranjeiras sem necessidade das penalidades.

O Tricolor possui o segundo melhor ataque com 26 gols e a segunda melhor defesa com 12 gols sofridos. Os destaques do Tricolor também estão no ataque com o meia Nenê e o atacante Evanilson.

O Flu também aposta no esquema montado pelo treinador Odair Hellmann e que levou dificuldades para o Flamengo criar jogadas de perigo. A novidade é o meia Ganso que volta a ser relacionado após se recuperar de lesão.


É proibida a reprodução total ou parcial dos conteúdos do Portal Multiplix, por qualquer meio, salvo prévia autorização por escrito.
TV Multiplix
TV Multiplix Comunicado de manutenção TV Multiplix Comunicado de manutenção
A TV Multiplix conta com conteúdos exclusivos sobre o interior do estado do Rio de Janeiro. São filmes, séries, reportagens, programas e muito mais, para assistir quando e onde quiser.