MENU

Portal Multiplix

Prova de vida do INSS: procedimento deve ser feito anualmente

Confira dicas do que levar e como fazer para não ter o benefício bloqueado

Por Redação Multiplix
05/03/20 - 11:04
Prova de vida do INSS: procedimento deve ser feito anualmente Procedimento também pode ser feito através de procuração | Foto: Divulgação/Meu INSS

Aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) precisam, todo ano, comprovar que estão vivos para não ter o benefício bloqueado e até cessado. O procedimento é obrigatório para todos que recebem aposentadoria e pensão por morte, com pagamento em conta corrente, poupança ou cartão magnético.

Na renovação da senha da prova de vida, o beneficiado precisa comparecer pessoalmente a uma agência bancária pagadora do benefício. Quem não puder comparecer, pode realizar o procedimento através de procuração.

A prova de vida é importante para evitar fraudes e pagamentos indevidos. Para saber se está na época de realizar a troca da senha, o beneficiário consegue consultar no banco em que recebe a data para a comprovação.

Somente é necessário apresentar um documento com foto para o procedimento, como RG, Carteira Nacional de Habilitação ou de trabalho. Alguns bancos utilizam a data de aniversário do beneficiário para convocar para a prova de vida e, normalmente, os segurados são avisados sobre a prova de vida.

Caso o segurado não faça a renovação da senha no período do aniversário, o banco fazem o aviso da comprovação um mês antes do vencimento.

Após a revogação de uma resolução de março de 2019, agora todos os assegurados, mesmo os maiores de 60 anos, precisam comparecer a agência bancária na qual recebe o benefício para fazer a comprovação de vida.

Quem está fora do país, maiores de 80 anos, pessoas com dificuldade de locomoção e portadores de doenças contagiosas podem usar um procurador para realizar a prova de vida. Antes, é preciso ir ao INSS, com atendimento agendado pelo telefone 135, pelo site ou aplicativo, e cadastrar a procuração para poder ir ao banco.

O benefício pode ser bloqueado para quem não fizer a prova de vida, após um ano de validade. Se ficar seis meses sem a renovação da senha, o INSS cessa o benefício e para tê-lo de volta, basta fazer a comprovação de vida.

Posso agendar a prova de vida em casa

É possível realizar a prova de vida em casa, ou até mesmo no hospital, caso não possa comparecer ao banco. Para isso, é preciso cadastrar uma senha no site ou no aplicativo e depois acessar ‘Agendamentos/Solicitações’. Após isso, clique em ‘Novo Requerimento’ e ache a opção ‘Realizar Prova de Vida (situações excepcionais não resolvidas pelo banco) e preencher as informações. Ou, também é possível agendar pelo telefone 135.

Estou fora do país. Como proceder?

Quem souber da data antes da viagem, a dica é cadastrar a procuração antes do embarque. Caso já esteja em fora do país, o INSS sugere que o segurado encaminhe o atestado de vida original, disponível na Embaixada ou Consulado que estiver, por correspondência.

Se a o beneficiário residir fora do Brasil, pode fazer o procedimento através das Embaixadas e Consulados. Mas o país deve estar na Convenção de Haia, acordo que facilita o reconhecimento dos documentos de países estrangeiros.


É proibida a reprodução total ou parcial dos conteúdos do Portal Multiplix, por qualquer meio, salvo prévia autorização por escrito.
TV Multiplix
TV Multiplix Comunicado de manutenção TV Multiplix Comunicado de manutenção
A TV Multiplix conta com conteúdos exclusivos sobre o interior do estado do Rio de Janeiro. São filmes, séries, reportagens, programas e muito mais, para assistir quando e onde quiser.