Projeto oferece cursos rápidos on-line para qualificação profissional e com certificados

Programa Escola do Trabalhador, parceria do Ministério do Trabalho com a Universidade de Brasília, possui cursos de diversas áreas que podem ser feitos em até dois meses

Por Redação Multiplix
10/12/18 - 09:53
Projeto oferece cursos rápidos on-line para qualificação profissional e com certificados Cursos em áreas como gestão e negócios podem ser decisivos para reinserir trabalhadores no mercado de trabalho | Foto: Banco de Imagem

Buscar uma vaga no mercado de trabalho tem sido cada vez mais desafiador conforme indicam os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do mês de outubro. Por isso, a qualificação profissional se faz cada vez mais necessária. Pensando nisso, a Escola do Trabalhador, oferece cursos on-line, que podem ser acessados de qualquer computador pelo endereço http://escola.trabalho.gov.br.

Não há pré-requisitos nem escolaridade mínima exigida para cursá-los. A prioridade é para os trabalhadores que irão requerer o seguro-desemprego, mas quem tiver empregado também pode ter acesso aos cursos.

Os cursos são oferecidos em diversas áreas, como gestão e negócios, produção industrial, produção cultural e design, segurança, produção alimentícia, informação e comunicação, ambiente e saúde, turismo, hospitalidade e lazer, recursos naturais, infraestrutura, controle e processos industriais e desenvolvimento educacional e social.

Os cursos, que são certificados pela Universidade de Brasília, serão formados por módulos de aproximadamente 40 horas cada. Cada um estará disponível por dois meses, tempo estimado para a conclusão com tranquilidade de todas as atividades.

Ao final de cada módulo, o trabalhador fará uma avaliação que servirá como base para que ele receba o certificado de conclusão emitidos pela UnB.

O secretário de Trabalho, Emprego e Economia Solidária de Teresópolis, Vinicius Oberg, destacou alguns cursos que podem fazer a diferença para quem busca uma vaga através do Sine da cidade.

"A escola é uma iniciativa do Ministério do Trabalho e nós entendemos que é mais uma ferramenta à disposição de quem busca qualificação. Com os cursos online, o trabalhador pode escolher aqueles que mais o interessam dentro da realidade da cidade onde vive. Aqui em Teresópolis, por exemplo, os cursos de Turismo, Hospitalidade e Lazer oferecidos pela escola, podem ajudar muita gente a conseguir uma colocação no mercado de trabalho. Mas as opções são inúmeras e é preciso que as pessoas saibam que essas possibilidades existem. Por isso é importante a divulgação", disse

Escola do Trabalhador

A Escola do Trabalhador é um programa do Ministério do Trabalho (MTb) para a qualificação de trabalhadores brasileiros e o combate ao desemprego. Os cursos são online, gratuitos e sem necessidade de escolaridade prévia. A inscrição é fácil e rápida: basta se inscrever e começar o curso.

Você começa seu curso logo após a inscrição e o recebimento de um e-mail de confirmação. Por serem totalmente online, o horário de estudo é o que for mais conveniente para você. Ao final do curso, os alunos que concluíram o curso com a nota mínima de cinco pontos e responderam à avaliação recebem um certificado da Universidade de Brasília (UnB), como cursos de extensão. A Escola do Trabalhador, em um ano de atividade, já passou da marca de 600 mil cursistas matriculados e 100 mil trabalhadores qualificados.

A coordenadora do projeto Escola do Trabalhador, Therese Hoffman falou sobre os objetivos do programa e dos cursos.

“O projeto vem de uma proposta de ação conjunta da UnB com o Ministério do Trabalho, com um programa audacioso, pegando os dados dos trabalhadores que o Ministério possui, pegar a tabela de ocupação e sob posse dessas informações criamos essa série de cursos que possa impactar diretamente nas ocupações de cada trabalhador”, destacou.