Gasolina ofertada acima do preço médio em Nova Friburgo

Com a greve dos caminhoneiros, valores do combustível aumentaram em alguns postos da cidade

Por Matheus Oliveira
12/06/18 - 16:09
Gasolina ofertada acima do preço médio em Nova Friburgo aumento gasolina. | Banco de imagens

A greve dos caminhoneiros vai perdendo força e a rotina vai retornando à normalidade em Nova Friburgo. Entre a última terça, 29, e esta quarta, 30, caminhões-tanques com gasolina começaram a chegar na cidade, gerando diversas filas nos postos de combustíveis do município. Mas o preço para o consumidor está acima da média da última semana, mesmo com a disparada dos valores praticados nos últimos meses.

O primeiro posto a receber gasolina na cidade, em Olaria, vendia o litro por R$4,99, assim como outro no Bairro Ypu. Já em um posto no Centro da cidade, o preço era de R$4,89. Também no Centro, outro estabelecimento vendia a gasolina, por R$4,75. Já em Mury, o litro era ofertado a R$5,10.

Em razão da alta do dólar e da disparada na cotação do barril do petróleo, os preços dos combustíveis subiram 47% nos últimos dois meses, seguindo a política da Petrobras de reajustar os valores quase que diariamente, de acordo com as cotações internacionais. Entretanto, vale ressaltar, que o preço final ofertado ao consumidor depende de cada estabelecimento que decide quando repassa os reajustes aos clientes. O valor médio da gasolina no Brasil, de acordo com a Agência Nacional do Petróleo (ANP) passou para R$4,435 nas bombas. Em Nova Friburgo, de acordo com consumidores ouvidos pela reportagem, o litro da gasolina estava sendo comercializado pelo preçomédio de R$4,49.

Segundo o Procon do município, os postos de combustíveis que estiverem praticando preços abusivos podem ser denunciados. Entretanto, segundo informou, o coordenador do órgão, Alexsandro Gabetta, apesar de terem recebido algumas denúncias anônimas, nenhum posto foi autuado na cidade. Ele esclareceu que mesmo com os valores liberados, o Procon pode notificar os estabelecimentos comerciais e requerer as devidas explicações dos locais. Quem desejar realizar alguma denúncia no Procon pode ligar no telefone (22) 2522-7866 e ou comparecer ao posto avançado localizado na Rua Monsenhor José Antônio Teixeira, 32, no Centro. A assessoria de imprensa do Procon estadual também informou que não ocorreram notificações no território fluminense nesta semana.