Friburgo: escolas pretendem envolver 700 alunos em ações de empreendedorismo

Em 2018, alunos da rede municipal arrecadaram R$ 18 mil com ações inovadoras

Por Redação Multiplix
22/05/19 - 13:27
Friburgo: escolas pretendem envolver 700 alunos em ações de empreendedorismo Programa pretende disseminar a cultura do empreendedorismo entre crianças e jovens de escolas municipais | Foto: Banco de Imagem

Vinte e sete professores da rede municipal de Nova Friburgo participaram de um curso ministrado pelo Sebrae, no Cederj, em Olaria, na segunda e terça-feira, 21 e 22 de maio, buscando desenvolver técnicas e práticas de ações de empreendedorismo a serem desenvolvidas nas unidades escolares. A ação integra o Programa Jovem Empreendedores Primeiros Passos (JEPP), resultado de convênio firmado entre a prefeitura e o Sebrae, em 2018, que visa, neste ano, envolver cerca de 700 estudantes - do 1º ao 9º ano do ensino fundamental.

O objetivo do programa é disseminar a cultura do empreendedorismo entre crianças e jovens, através de uma metodologia de trabalho dinâmica, lúdica e prática, com estudos de casos, desenvolvimento de projetos, realização de feiras para trocas de experiências e divulgação dos trabalhos feitos por alunos e professores.

Os alunos aprendem sobre ervas e temperos naturais e como montar uma loja, com atividades participativas com toda turma; oficinas de brinquedos ecológicos; locadoras de produtos; espaço gastronômico com ênfase nos alimentos regionais; ecopapelaria; artesanato sustentável; empreendedorismo social; e ainda aprendem a desenvolver um plano de trabalho para colocar, na prática, uma ideia inovadora.

“Nossos alunos estão cada vez mais apáticos. Precisamos dar uma “sacudida”, fomentando o empreendedorismo”, afirma a consultora do Sebrae, Janimary Pecci.

De acordo com a Secretaria de Educação, os alunos de 11 escolas da rede municipal que participaram do JEPP no ano passado arrecadaram mais de R$ 18 mil com a venda dos produtos que decidiram comercializar de forma inovadora. O recurso foi utilizado em atividades para os próprios estudantes nas respectivas escolas.

Além de incentivar o comportamento empreendedor e plano de negócios, o programa também pretende tratar de outros temas com o público infanto-juvenil, como cultura da cooperação, inovação, ecossustentabilidade, ética e cidadania.

Participam do projeto este ano as escolas: E.M. Alcides Francisco Brantes; E.M.Cypriano Mendes da Veiga; C.M.Dermeval Barbosa Moreira; E.M. Dante Magliano; CEFFA Flores; E.M. Juscelino Kubstichek de Oliveira; E.M.Maximillian Falck; E.E.M. Monsenhor José Antonio Teixeira; C.M.E.S. Padre Rafael; CEFFA Rei Alberto I; C.M.Rui Barbosa; E.M.Tiradentes e E.M.Umbelina Breder de Queiroz.