MENU

Portal Multiplix

Loja mais antiga de Nova Friburgo promove campanha para superar a pandemia

Conheça a história da Camisaria El-Jaick, fundada há 115 anos, e que buscou uma forma de driblar a crise causada pelo novo coronavírus

Por Matheus Oliveira
18/05/20 - 16:23
Loja mais antiga de Nova Friburgo promove campanha para superar a pandemia Camisaria El-Jaick faz parte da rotina de Nova Friburgo há 115 anos | Foto: Reprodução/Google Maps

Unir tradição e tecnologia para enfrentar este momento de pandemia de covid-19 e a consequente crise econômica. Assim, uma das lojas mais antigas de Nova Friburgo, a centenária Camisaria El-Jaick, vem enfrentando os efeitos do novo coronavírus.

De acordo com Diego El-Jaick, filho do atual proprietário, Hélio Raposo, a loja foi fundada em 1905 com o nome Bazar Colombo pelo seu bisavô, o libanês José El-Jaick, que era casado com a dona Rachel El-Jaick.

Vendendo tecidos, chapéus, sapatos e perfumarias, a loja ficava em frente à praça Princesa Izabel (atual praça Getúlio Vargas) na esquina com a rua Farinha Filho, onde está localizada atualmente.

“A loja foi o vetor da família que gerou nove filhos que se dividiram posteriormente entre comerciantes, alfaiates e costureiras, advogados e professores. Aliás, essas são ainda as profissões mais tradicionais em nossa família até hoje, sempre voltados também à educação e às leis, além, é claro, do comércio”, declara Diego.

Após o falecimento de seu José, a loja foi herdada pelo avô, Galdino El-Jaick, que comandou o negócio por 50 anos e fez com que o estabelecimento começasse a confeccionar pijamas e cuecas. “A confecção da família ficava nos fundos da residência da família El-Jaick, na rua Alberto Braune, onde hoje existe o Hotel Fabris”, destaca. Em seguida, o estabelecimento passou para as mãos do seu Hélio Raposo, pai de Diego.

E com preços mais acessíveis e caindo no gosto da população friburguense ao longo dos anos, a Camisaria El-Jaick tornou-se tradição no município, ganhando clientes fiéis, dentre os quais o escritor Zuenir Ventura.

Mas a pandemia de covid-19 representou uma novo desafio para a loja. Como seguir em frente sem poder abrir as portas e vender? Diego conta que, após consultar um amigo empresário, surgiu a campanha “Abrace a Camisaria e a Camisaria Abraça Você”.

A iniciativa consiste na utilização do site chamado “Abacachi”, onde os clientes podem comprar vouchers, que variam de R$ 50,00 a R$ 200,00, e trocá-los em produtos, no mesmo valor, acrescido de um bônus de 10%, quando o comércio for novamente aberto.

“Foi realmente uma maneira de nos reinventarmos. Já vínhamos reparando um movimento de mercado em que o novo e tradicional andam juntos. A ideia surgiu diante do fechamento das portas nesse momento de covid-19. Claro que respeitamos isso e entendemos que essa é uma atitude tomada em respeito aos mais avançados estudos no Brasil e no mundo”, complementa.

O profissional revela que a recepção dos clientes foi boa e diz acreditar em dias melhores, com a certeza de que a tradição da camisaria vai prosseguir.

“Esperamos que cada um cuide muito dos seus amigos e familiares. Que tenhamos força e coragem e que acreditemos muito que tudo vai dar certo. Que possamos ser mais solícitos e carinhosos. Esperamos sorrir mais, refletir mais. Somos uma loja clássica e tradicional, onde vendemos muitas marcas respeitadas e conhecidas no mercado, o que é nosso legado e que sempre vai continuar. Nós estaremos de braços abertos esperando em breve poder abraçar cada um novamente”, conclui.


É proibida a reprodução total ou parcial dos conteúdos do Portal Multiplix, por qualquer meio, salvo prévia autorização por escrito.
TV Multiplix
TV Multiplix Comunicado de manutenção TV Multiplix Comunicado de manutenção