MENU

Portal Multiplix

Anuário de Segurança Pública aponta que uma mulher é estuprada a cada oito minutos no Brasil

Segundo ISP, ocorreu diminuição dos casos em Nova Friburgo e Teresópolis, mas números ainda preocupam

Por Matheus Oliveira
21/10/20 - 15:55
Anuário de Segurança Pública aponta que uma mulher é estuprada a cada oito minutos no Brasil Casos de estupro diminuíram em cidades da Região Serrana do Rio, mas números preocupam | Foto: Reprodução/George Campos

Em meio à repercussão do “caso Robinho”, condenado a nove anos de prisão na Itália por estupro de uma jovem albanesa em um fato que ocorreu em 2013, a reportagem do Portal Multiplix analisou os dados do Instituto de Segurança Pública (ISP).

Entre os meses de janeiro e agosto dos últimos dois anos nas cidades de Nova Friburgo e Teresópolis, na Região Serrana do Rio, segundo os dados, ocorreu uma pequena diminuição dos registros do crime nos municípios.

De acordo com o ISP, no 11º Batalhão de Polícia Militar, em Nova Friburgo, foram registrados nos primeiros oitos meses dos últimos dois anos:

  • 78 casos entre janeiro e agosto de 2019
  • 59 casos entre janeiro e agosto de 2020

Segundo os últimos dados disponíveis no site do Instituto, a comparação entre agosto deste ano e o mesmo mês de 2019, foram denunciados seis casos a menos:

  • 11 casos em agosto de 2019
  • 5 casos em agosto de 2020

Vale lembrar que o 11º BPM atua nas cidades de Nova Friburgo, Cantagalo, Duas Barras, Cordeiro, Macuco, Trajano de Moraes, Santa Maria Madalena e Bom Jardim.

Na 151ª DP, em Nova Friburgo, entre janeiro e agosto de 2019 e 2020 ocorreu uma diminuição de 15 casos.

  • 47 casos entre janeiro a agosto de 2019
  • 32 casos entre janeiro a agosto de 2020

Já na comparação entre os meses de agosto dos últimos anos, os números foram:

  • Oito casos em agosto de 2019
  • Quatro casos em agosto de 2020

A delegada titular da Delegacia Especializada de Atendimento a Mulher de Nova Friburgo (Deam-NF), Drª. Carla Mariana Mero Ferrão, aponta fatores que ajudam a diminuir estes números na cidade.

“Nós temos ficado entre as primeiras Deams do nosso porte quanto à produtividade investigativa e operacional. Essa marca é inerente a elucidação de crimes e prisões efetuadas. Isso acaba influenciando na possibilidade do potencial agressor cometer um crime. Ele sabe que terá uma repressão pelo ato criminoso que venha a cometer. Aumentamos, também, o número de prisões em flagrante, interrompendo, sumariamente, a possibilidade de o agressor continuar a cometer o crime”, declara.

Ela ressalta que os policiais da Deam estão se qualificando através de cursos são oferecidos pelo DGPAM (Departamento Geral de Policiamento de Atendimento a Mulher) em convênio com a academia de polícia civil (Acadepol).

“A DEAM-NF estreitou os laços com o CREM (Friburgo) e com o CREAS, objetivando que a vitima tenha um acompanhamento posterior ao registro de ocorrência. Todas as vítimas atualmente são encaminhadas ao CREM ou ao CREAS, onde recebem atendimento jurídico, psicológico e social”, declara.

A delegada explica que as vítimas podem denunciar os agressores pelo WhatsApp da DEAM, Facebook ou pessoalmente na delegacia que funciona 24h em sete dias da semana.

Teresópolis

Na cidade de Teresópolis, os números também apresentaram queda. No 30º BPM, a comparação entre janeiro e agosto de 2019 e 2020 mostrou os seguintes dados:

  • 64 casos entre janeiro e agosto de 2019
  • 56 casos entre janeiro e agosto de 2020

Os números referentes a agosto de 2019 e 2020 no batalhão de Teresópolis apresentaram alta:

  • cinco casos em agosto de 2019
  • 10 casos em agosto de 2020

Na 110ª DP, também em Teresópolis, a comparação entre janeiro e agosto dos dois últimos anos foi:

  • 49 casos entre janeiro e agosto de 2019
  • 39 casos entre janeiro e agosto de 2020

Os dados que se referem ao oitavo mês de 2020 e 2019 apresentam uma diferença de um caso:

  • Cinco casos em agosto de 2019
  • Seis casos em agosto de 2020

O 30º BPM atua nas cidades de Teresópolis, São José, Carmo e Sumidouro.

Anuário de Segurança Pública

De acordo com o Anuário de Segurança Pública divulgado nesta semana, o número de casos de estupro também indica diminuição no estado do Rio de Janeiro no comparativo nos primeiros semestres dos últimos dois anos.

Segundo o documento, o total de casos de estupro no primeiro semestre do ano passado foi de 2.730 no ano passado. Neste ano, o número de casos foi de 1.773, representando uma queda de 23,8%.

Já quando consideradas as vítimas de estupro do sexo feminino no primeiro semestre de 2019 e 2020, os números são: 2.360 registrados em 2019 enquanto neste ano ocorreram 1.773 casos. O dado representa uma diminuição de 24,9%.

Em território nacional, o Anuário aponta que uma mulher é estuprada a cada oito minutos no país.

Veja outras notícias da Região Serrana do Rio no Portal Multiplix.


É proibida a reprodução total ou parcial dos conteúdos do Portal Multiplix, por qualquer meio, salvo prévia autorização por escrito.
TV Multiplix
TV Multiplix Comunicado de manutenção TV Multiplix Comunicado de manutenção
A TV Multiplix conta com conteúdos exclusivos sobre o interior do estado do Rio de Janeiro. São filmes, séries, reportagens, programas e muito mais, para assistir quando e onde quiser.