MENU

Portal Multiplix

Fale Conosco

(22) 3512-2020

Anuncie

Contato comercial

Trabalhe conosco

Vagas disponíveis

Secretaria de Estado de Saúde quer intensificar os cuidados com as grávidas

Ministério da Saúde incluiu gestantes e puérperas no grupo de risco por serem mais suscetíveis ao covid-19

Por Redação Multiplix
21/04/20 - 09:00
Secretaria de Estado de Saúde quer intensificar os cuidados com as grávidas Orientação é adiar por 14 dias procedimentos como consultas e exames de rotina | Foto: Banco de Imagem

Seguindo as orientações do Ministério da Saúde, que incluiu as gestantes e puérperas (mulheres que deram a luz há até 42 dias) no grupo de risco do novo coronavírus, na última semana, a Secretaria de Estado de Saúde (SES) também incluiu as mulheres ao grupo considerado mais suscetível aos efeitos do novo coronavírus e, por isso, destaca a intensificação dos cuidados de prevenção à infecção.

Antes da recomendação do Ministério da Saúde, apenas as gestações de alto risco estavam sendo consideradas condições clínicas preocupantes para o desenvolvimento de complicações e casos graves do coronavírus.

O novo protocolo diz que as gestantes e as puérperas que apresentarem síndrome gripal deverão comunicar à Atenção Primária à Saúde a condição. A orientação é, se possível, adiar por 14 dias procedimentos como consultas e exames de rotina de modo que não haja prejuízo para o acompanhamento do pré-natal.

“Caso a gestante apresente sinais de gravidade, como cansaço ou dificuldade para respirar, as gestantes e puérperas deverão procurar imediatamente um serviço de urgência”, ressaltou o texto da Secretaria de Estado de Saúde.

Para o secretário de Estado de Saúde, Edmar Santos, os cuidados devem ser rigorosos e contínuos, independentemene do histórico clínico das pacientes.

“Redobrar a atenção com os critérios de higienização e isolamento domiciliar serão determinantes para uma gestação saudável e tranquila, além do acompanhamento médico” explica.

Ainda de acordo com as recomendações da SES, gestantes assintomáticas ou sem síndrome gripal, devem preservar o atendimento, com continuidade das ações de cuidado pré-natal, além de serem orientadas a manter medidas preventivas como ficar em isolamento domiciliar, evitar aglomerações, realizar as melhores práticas de higiene e manter contato com a unidade de Atenção Primária à Saúde quando houver necessidade.

Ainda não há confirmação científica de que ocorra a transmissão vertical do novo coronavírus, isto é, aquela que acontece da mãe para o feto no útero ou recém-nascido durante o parto.

Principais recomendações

  • Mulheres em resguardo devem restringir as visitas aos bebês para sua própria proteção e também para proteção do recém-nascido.

  • É recomendável a higienização das mãos pela mãe antes e após os cuidados com o bebê.

Medidas de prevenção válidas para todos os grupos

  • Proteger nariz e boca ao espirrar ou tossir;
  • Não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres e copos;
  • Lavar frequentemente as mãos, especialmente após espirrar ou tossir;
  • Utilizar álcool em gel nas mãos;
  • Evitar tocar o rosto.

É proibida a reprodução total ou parcial dos conteúdos do Portal Multiplix, por qualquer meio, salvo prévia autorização por escrito.
TV Multiplix
TV Multiplix Comunicado de manutenção TV Multiplix Comunicado de manutenção
A TV Multiplix conta com conteúdos exclusivos sobre o interior do estado do Rio de Janeiro. São filmes, séries, reportagens, programas e muito mais, para assistir quando e onde quiser.