Portal Multiplix

Metrossexual no mundo da bola! Jogadores se preocupam cada vez mais com a beleza

Inspirados por David Beckham, atletas passaram a se preocupar cada vez mais a estética no mundo do futebol

Por Matheus Oliveira - 30 de Novembro de 2018, 13:33
Metrossexual no mundo da bola! Jogadores se preocupam cada vez mais com a beleza Neymar é um dos atletas mais preocupados com a imagem e o visual no atual mundo do futebol | Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Você se lembra do David Beckham? O famoso atleta inglês que brilhou com as camisas do Manchester United e do Real Madrid, não se destacava apenas pelo talento com a bola, mas também pelos cuidados com a beleza, sendo um dos primeiros metrossexuais do futebol, inspirando toda uma geração de jogadores. Isso porque após Beckham, vários atletas, famosos mundialmente, passaram a seguir a tendência e utilizar expedientes como cirurgias plásticas, tranças, topetes e depilação. O que era exceção, agora virou regra, até para os homens em geral.

A consultora de moda friburguense, Duda Emmerick, avaliou a influência do meia britânico para o aumento da preocupação da imagem entre os atletas e homens em geral.

“O Beckham foi precursor de tudo isso, me lembro dos penteados, atitude e estilo. Ele sempre teve um zelo pela aparência e já ganhou vários títulos de homem do ano, além de já ter desenvolvido linhas próprias e ser chamado para estrelar campanhas de moda masculina. Ele ainda é chamado para as primeiras filas dos grandes desfiles de moda por ter uma imagem muito forte, que é bem trabalhada, fazendo um link forte da moda e da beleza. Ele é um ícone metrossexual, puxando essa fila entre os jogadores de futebol”, declarou.

Uma das técnicas mais utilizadas pelos atletas dessa geração é a cirurgia plástica, prática que teve crescimento de 15% entre o sexo masculino no início de 2018 em comparação com o mesmo período de 2017, de acordo com a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP). Entre os atletas que adotaram o recurso estão o brasileiro Daniel Alves e o galês Gareth Bale.

Outro cuidado com a beleza adotado é a aplicação com o ácido hialurônico e toxina botulínica, o famoso botox. A aplicação do ácido hialurônico não necessita de preparo específico e nem obriga o atleta a se ausentar das atividades futebolísticas diárias. Jogadores como o português Cristiano Ronaldo e o já citado David Beckham, por exemplo, já fizeram uso do recurso.

O produto pode ser aplicado no dorso do nariz para eliminar marquinhas, nas maçãs do rosto, aumentando o tônus e o volume da região ou nas rugas em volta da boca e nos cantos da boca, por exemplo. Já o botox é uma toxina produzida por uma bactéria chamada Clostridium botulinum, mas que usada na dosagem certa e purificada não causa doença.

Os jogadores também estão preocupados com outro detalhe de suas aparências: as sobrancelhas. De acordo com a esteticista e presidente da rede Sóbrancelhas, Luzia Costa, os homens, em geral, totalizam 20% do público do segmento no ano passado. Os jogadores como Cristiano Ronaldo, o alemão Mario Götze (Borussia Dortmund) e o brasileiro Gabriel Barbosa (Santos) são exemplos de boleiros que fazem as sobrancelhas.

Além disso, outro processos são utilizados por atletas de futebol e até de outras modalidades esportivas, como a Oxyterapia, por exemplo, que ajuda a manter a pele hidratada e firme, promovendo uma renovação celular surpreendente.

Por falar em vaidade no futebol, Neymar é nome corriqueiro quando o assunto é citado. O atual jogador do Paris Saint-Germain (PSG), e que se destacou com as camisas do Barcelona (ESP) e do Santos, já chegou a gastar R$ 7 mil por mês para cuidar dos cabelos com topetes e penteados, no mínimo, curiosos. O atual capitão da Seleção Brasileira também já realizou tratamento contra acne, compra gel para o cabelo e faz uso de sabonetes especiais para limpar os poros.

No último mês de setembro, o craque, ao lado da então namorada, a atriz Bruna Marquezine, esteve presente em um dos desfiles mais concorridos da Semana de Moda e Paris, que contou também com a presença ilustre de Daniel Alves.

Duda Emerick avaliou que a preocupação com a imagem em um mundo midiático foram fatores que aumentaram a preocupação dos boleiros com a beleza.

“Acredito que essa questão da beleza é muito ligada à imagem e com a utilização das mídias sociais, isso, quando se saber usar, se reflete de forma positiva. Os jogadores perceberam isso, e os homens, de uma forma em geral, têm se preocupado com a estética, não só os famosos. Atualmente, diversas marcas de moda estão investindo em peças e publicidade, recebendo cada vez mais estímulos. Essa tendência é crescente e, na minha avaliação, é positiva, e que inspira as crianças”, concluiu.