MENU

Portal Multiplix

Após cem anos, filhote de anta de vida livre é flagrado no estado do Rio

Pesquisadores do projeto Refauna reintroduziram as antas na área da Reserva Ecológica de Guapiaçu e flagraram o filhote em Cachoeiras de Macacu

Por Matheus Oliveira
16/03/20 - 10:09

Quem vê o vídeo acima, de um filhote de anta, não sabe que tal fato vai muito além de um animal livre em uma reserva florestal. Isso porque o nascimento de uma anta de vida livre interrompeu um hiato de cem anos de extinção da espécie no estado do Rio de Janeiro.

Em um projeto de pesquisadores do Projeto Refauna, na Reserva Ecológica de Guapiaçu (Regua), antas foram reintroduzidas na natureza e o primeiro filhote de vida livre foi captado pelas armadilhas fotográficas da reserva na semana passada, na altura do município de Cachoeiras de Macacu.

Segundo Maron Galliez, professor do Instituto Federal do Rio de Janeiro (IFRJ) e coordenador do Projeto Refauna, o programa começou em 2010, com a reintrodução de cutias na floresta da Tijuca.

“Em 2012, começamos o planejamento da reintrodução das antas e, em 2016, organizamos esse processo na Regua. Já em dezembro de 2017, houve a primeira reintrodução de três antas. E, agora, conseguimos flagrar este filhote”, destaca.

O coordenador explica ainda que o monitoramento da espécie é feito por telemetria (elas têm colar que emite sinal de rádio e GPS) e também por armadilha fotográfica.

As antas estavam extintas há mais de cem anos por causa da caça e do desmatamento. No dia em que foi flagrado, o filhote, de dois meses, estava com o corpo todo estriado como forma de camuflagem.


É proibida a reprodução total ou parcial dos conteúdos do Portal Multiplix, por qualquer meio, salvo prévia autorização por escrito.