Jovem de Teresópolis fica entre os sete melhores do mundo em torneio de jogos eletrônicos

O estudante Ramon Chaves conquistou a posição no Fifa Global Series, disputado em Londres

Por Matheus Oliveira
29/03/19 - 17:06
Jovem de Teresópolis fica entre os sete melhores do mundo em torneio de jogos eletrônicos Ramon Chaves colocou a cidade de Teresópolis entre as melhores do mundo em torneio de jogos eletrônicos | Foto: Arquivo Pessoal

Em um mercado em expansão e entre os melhores do mundo, unindo a paixão por games e futebol um teresopolitano conseguiu destaque internacional ao disputar um dos principais torneios de jogos eletrônicos do mundo. Esta é a história do estudante e gamer Ramon Chaves, de 17 anos, nascido em Teresópolis, na Região Serrana do Rio, e que, em março, ficou em sétimo lugar no Fifa Global Series 2019 (competição de futebol), disputado em Londres, com jogadores de todo o planeta.

Ramon revelou que joga vídeo game desde a infância com primos e amigos, cultivando a paixão pelo mundo eletrônico e que, após se destacar na edição de 2018 do game, foi incentivado pelos amigos a competir.

“Desta forma passei a jogar várias horas por dia. Sempre gostei de jogar Fifa e foco apenas neste jogo”, revela.

Com muito treinamento, ele aumentou seu nível de jogo e decidiu buscar uma vaga na competição mundial.

“Decidi competir em uma classificatória online onde jogam quase 100 pessoas, os 100 melhores de toda a América. Assim, consegui terminar entre os dois melhores da América do Sul e consegui a vaga, que, na verdade, eu nem esperava”, destaca.

O competidor de Teresópolis contou detalhes sobre a competição realizado em solo britânico.

“A competição foi muito difícil, pois lá estão os melhores jogadores do mundo e qualquer jogo é uma final. Durante o torneio eu pude escolher os melhores jogadores do game: fui com Messi, Ronaldo Fenômeno, Cristiano Ronaldo, Pelé, Gullit, Maldini, eu gosto de jogar nem ofensivo nem defensivo, procuro o equilíbrio, jogar com a posse de bola, e procurando os espaços para as melhores jogadas. O meu time tem algumas cartas bem legais e as que eu mais gosto são as de Messi, Cristiano Ronaldo, Neymar, Mbappe, Sérgio Ramos”, afirma, antes de completar.

“Ter disputado o torneio foi uma experiência incrível, eu nunca vou esquecer. Foi uma honra representar não só Teresópolis, mas o Brasil. E eu consegui deixar o país entre os 7 melhores do mundo. Dava pra chegar mais longe na competição, mas já foi algo de outro mundo”, complementa.

Por fim, o jovem gamer afirmou que pretende seguir carreira como jogador de Fifa, conciliando com a faculdade.

“Sou um dos melhores do mundo e espero, futuramente, fazer uma faculdade também, mas meu foco agora é total na minha carreira de jogador de Fifa”, destaca, afirmando que irá disputar uma classificatória nos dias 20 e 21 de abril em busca de uma vaga em um torneio na Romênia.