MENU

Portal Multiplix

Promessa olímpica, atleta de tiro com arco radicada em Nova Friburgo sonha com os Jogos de 2024

Françoise Villeuneve fala dos impactos da pandemia de covid-19 em seus treinos e como tem se preparado para atingir os objetivos

Por Matheus Oliveira
17/06/20 - 10:20
Promessa olímpica, atleta de tiro com arco radicada em Nova Friburgo sonha com os Jogos de 2024 Françoise Villeneuve sonha com o retorno das competições de tiro com arco e uma vaga olímpica | Foto: Reprodução/Redes Sociais

Buscando se adaptar a uma nova realidade para seguir sonhando com uma vaga olímpica em 2024, nos Jogos de Paris. Assim está a rotina da jovem Françoise Villeneuve, atleta de tiro com arco, natural de São Gonçalo e que mora em Nova Friburgo, na Região Serrana do Rio de Janeiro.

Segundo Françoise, com o covid-19 a rotina de treinos e de estudos foi modificada, afetando ainda seu psicológico por não saber como vai ocorrer a retomada pós-pandemia.

“Minha rotina de treino parou, pois eu não tenho um espaço em casa que me permita treinar, mas tenho feito exercícios voltados para a minha modalidade”, conta.

Ela revela que antes do começo da pandemia disputou competições nacionais e internacionais.

“Esse ano eu só fiz competições de ranking e uma seletiva para o México, na qual eu me esforcei bastante para uma boa colocação, pois eu tinha consciência que o meu equipamento não responderia ao meu esforço, pois ele tem se danificado mais com o tempo, mas mesmo assim eu consegui ficar em segundo lugar, e mesmo com o equipamento danificado, irei continuar lutando pelo meu espaço no esporte”, explica a atleta.

Françoise revela que foram adiadas as competições como o Multi Site Indoor Championship of the Americas (MICA), o Campeonato Brasileiro de Base, o Brasileiro Adulto e o Indoor.

A atleta de tiro com arco destaca que ainda não existe previsão para a retomada de calendário de competições por parte da Confederação Brasileira de Tiro com Arco (BrasilArco) e que vem passando o período de pandemia em São Gonçalo, por ser mais perto da faculdade e do centro de treinamento da modalidade, em Maricá, no Leste fluminense.

Sobre o sonho olímpico, Françoise diz concordar com o adiamento das Olimpíadas, que passou para 2021. Ela acredita que isso pode lhe dar mais tempo para buscar uma oportunidade, visto que, até o momento, o time brasileiro possui apenas uma vaga garantida nos Jogos de Tóquio e no masculino.

“A minha luta agora é para as Olimpíadas de 2024 e outros campeonatos internacionais, pois até o momento o Brasil só conquistou uma vaga para o masculino”, declara.

Carreira

Françoise fez o curso de tiro com arco na cidade de Maricá e, aos 11 anos, após três meses de treino, já estava competindo no Campeonato Brasileiro, ficando em 4º lugar e, em 2013, em 3º lugar no ranking brasileiro.

Após superar uma lesão no braço direito em 2018, Françoise teve um 2019 repleto de bons resultados. Ela conquistou a medalha de ouro internacional por equipe no MICA (Multi-site Indoor Championship of the Americas).

No individual, no mesmo ano, na categoria Juvenil Feminino, a jovem atleta ficou na 26ª posição em uma competição que contou com 186 atletas. Além disso, ela chegou ao 15º lugar no Vegas Shoot, em Las Vegas, nos Estados Unidos.

Françoise se apaixonou pelo tiro com arco em razão de ser arqueira nos games e após assistir um vídeo da modalidade com o pai. Antes, ela queria praticar esgrima.

A atleta é uma das promessas do Comitê Olímpico Brasileiro (COB) e da Seleção Brasileira de Tiro com Arco. Já fez parte do time verde e amarelo que participou do Campeonato Sul-Americano de 2016, na Argentina.


É proibida a reprodução total ou parcial dos conteúdos do Portal Multiplix, por qualquer meio, salvo prévia autorização por escrito.
TV Multiplix
TV Multiplix Comunicado de manutenção TV Multiplix Comunicado de manutenção
A TV Multiplix conta com conteúdos exclusivos sobre o interior do estado do Rio de Janeiro. São filmes, séries, reportagens, programas e muito mais, para assistir quando e onde quiser.