Teresópolis pode receber, em breve, complexo de ensino superior e técnico

Cursos de geografia, turismo e ciências contábeis já foram confirmados

Por Redação Multiplix
19/08/19 - 12:42
Teresópolis pode receber, em breve, complexo de ensino superior e técnico Vinicius Claussen com o presidente da Faetec, Romulo Massacesi, em visita à futura área do “EducaParque” | Foto: Divulgação/Prefeitura de Teresópolis

O município de Teresópolis, na Região Serrana do Rio, está cada vez mais próximo de receber um polo integrado de ensino superior e técnico. Essa é a proposta do “EducaParque”, projeto de campanha do atual prefeito, Vinícius Claussen, que deve trazer para a cidade cursos da Fundação Centro de Ciências e Educação Superior a Distância do Estado do Rio de Janeiro (Cecierj) e da Fundação de Apoio à Escola Técnica (Faetec).

Na última sexta-feira, dia 16 de agosto, Vinícius Claussen se reuniu com os presidentes Gilson Rodrigues e Romulo Massacesi, da Cecierj e da Faetec, instituições vinculadas à Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação do Governo do Estado do Rio de Janeiro, e com a equipe técnica das fundações para discutir o futuro do projeto.

"A parceria começou quando o prefeito Vinicius Claussen e o secretário Vinicius Oberg estiveram com o governador Wilson Witzel e com o secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Leonardo Rodrigues, apresentando as demandas de Teresópolis no campo da educação. Viemos em missão para operacionalizar esse empreendimento", relatou Gilson Rodrigues, complementado por Romulo Massaseci, que chegou a anunciar a vinda dos cursos de graduação de Geografia, Ciências Contábeis e Turismo.

"São cursos que têm a ver com a identidade de Teresópolis, tudo vai depender da tramitação dos processos pelos Conselhos da Secretaria de Estado de Educação. Tudo o que foi pensado pelo Prefeito Vinicius Claussen no que compete à Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação, vai acontecer”, diz.

O complexo estudantil deve ser instalado no terreno da antiga fábrica de tecidos Sudamtex, doado à Prefeitura de Teresópolis mediante Termo de Ajuste de Conduta (TAC) assinado com o Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ). O espaço foi visitado após a reunião entre os presidentes das instituições educacionais, a comissão técnica e o prefeito Vinícius Claussen.

 "Nossa missão, nessa parceria, é começar a transformar essa ideia em um plano operacional a ser construído em conjunto com o Governo do Estado. Estamos planejando uma transição, para que os cursos de Geografia, Ciências Contábeis e de Turismo sejam logo viabilizados, com vestibular no 1º semestre de 2020 e início das aulas no 2º semestre do ano que vem", concluiu o prefeito do município.