MENU

Portal Multiplix

Fale Conosco

(22) 3512-2020

Anuncie

Contato comercial

Trabalhe conosco

Vagas disponíveis

Pandemia aumentou o número de sepultamentos mensais em Teresópolis em 25%

Confira ainda o número de sepulturas, covas ou gavetas mortuárias disponíveis na cidade da Região Serrana

Por Matheus Oliveira
02/08/21 - 10:47
Pandemia aumentou o número de sepultamentos mensais em Teresópolis em 25% Pandemia aumentou a quantidade de sepultamentos em toda a Região Serrana do Rio | Foto: Banco de Imagem

A Prefeitura de Teresópolis, na Região Serrana do Rio, publicou um decreto no Diário Oficial do município, na última terça, 27, em que não recomenda velórios e funerais de pessoas infectadas por Covid-19, além de estabelecer regras a serem cumpridas, no caso destas cerimônias acontecerem.

Na esteira da publicação do novo decreto e do fato de a pandemia aumentar o número de mortes e enterros no município, a reportagem do Portal Multiplix procurou saber quantas sepulturas e covas estão disponíveis na cidade de Teresópolis.

Segundo levantamento da Secretaria de Serviços Públicos, o número de vagas nos nove cemitérios da cidade (Bonsucesso, Canoas, Rio Preto, Santa Rita, Serra do Capim, Venda Nova, Vieira, Vale Alpino e Carlinda Berlim) somam ao todo 8.714 , entre sepulturas e covas, sendo o Cemitério Carlinda Berlim o maior, com 7.383.

Entretanto, apesar da quantidade expressiva de covas, a pandemia do novo coronavírus trouxe um aumento na utilização de covas rasas, sepulturas e gavetas mortuárias, em um sistema que já atuava com defasagem desde a tragédia de 2011.

“A Covid-19 gerou uma demanda que os cemitérios municipais de Teresópolis não tinham. O sistema, que já operava em seu limite em razão dos sepultamentos das vítimas da tragédia ambiental de 2011, teve necessidade de ser readaptado. Em percentual, a Covid-19 aumentou em média 25% o número de sepultamentos mensais. Em decorrência da pandemia, foram utilizadas 544 vagas entre covas rasas, sepulturas e gavetas mortuárias”, informou a prefeitura.

Mas o Executivo nega que haja falta de vagas devido à pandemia.

Vagas nos cemitérios

Para tentar atender à demanda, o poder público destacou que os sepultamentos em covas rasas são efetuados exclusivamente no Cemitério Municipal Carlinda Berlim, e que dez covas desse tipo são mantidas abertas, sendo efetuadas novas aberturas de acordo com a demanda.

No Cemitério Municipal Carlinda Berlim são mantidas, segundo a Secretaria de Serviços Públicos, em média, dez covas rasas abertas, sendo efetuadas novas aberturas de acordo com a demanda.

Além disso, a prefeitura revelou que consegue disponibilizar até 90 covas em caso de eventuais urgências.

“A prefeitura esclarece que não tem como indicar de forma precisa a quantidade de covas necessárias para atender a população, visto que o número de habitantes do município é variável. No entanto, tomando como base a média de sepultamentos em covas rasas do último ano, calcula-se que seriam necessárias aproximadamente 550 covas para o mesmo período”, declarou o Executivo teresopolitano.

Novas gavetas mortuárias

Com o intuito de atender a todos os sepultamentos, a prefeitura abriu um processo licitatório para construir 1.032 gavetas mortuárias. O resultado, de acordo com o poder público, deve sair no dia 6 de agosto.

A Prefeitura de Teresópolis informou também que a abertura das novas gavetas mortuárias depende do prazo estabelecido no contrato que será firmado entre o município e a empresa vencedora da licitação.

Questionada se a prefeitura poderia assumir este serviço, o Executivo relatou que a construção de novas gavetas mortuárias em consonância com as normas ambientais vigentes depende de projeto e mão de obra especializada que o município não possui.

Veja outras notícias da Região Serrana do Rio no Portal Multiplix.


É proibida a reprodução total ou parcial dos conteúdos do Portal Multiplix, por qualquer meio, salvo prévia autorização por escrito.
TV Multiplix
TV Multiplix Comunicado de manutenção TV Multiplix Comunicado de manutenção
A TV Multiplix conta com conteúdos exclusivos sobre o interior do estado do Rio de Janeiro. São filmes, séries, reportagens, programas e muito mais, para assistir quando e onde quiser.