MENU

Portal Multiplix

Nova Friburgo terá ação para emissão gratuita de identidade neste domingo

Evento do Detran terá distribuição de cerca de 100 senhas de atendimento

Por Redação Multiplix
26/07/19 - 10:16
Nova Friburgo terá ação para emissão gratuita de identidade neste domingo Evento na Ceasa de Conquista, na zona rural de Nova Friburgo, terá emissão de carteira de identidade | Foto: Divulgação/Marcello Casal Jr (Agência Brasil)

Durante o próximo domingo, dia 28 de julho, Nova Friburgo, na serra fluminense, vai receber uma ação social organizada pelo Departamento de Trânsito do Estado do Rio de Janeiro (Detran), que disponibilizará gratuitamente a emissão de primeira via de carteira de identidade.

A ação será realizada na Central de Abastecimento do Estado (Ceasa) de Nova Friburgo, localizada na RJ-130, no bairro de Conquista.

Para participar da ação, será necessária a retirada de uma senha, que começará a ser distribuída às 9h, além da apresentação de certidão de nascimento ou de casamento. Cerca de 100 senhas serão distribuídas, por ordem de chegada.

Em caso de emissão da segunda via da carteira de identidade, para que haja isenção da taxa, é necessário comprovar a necessidade de gratuidade no ato de apresentação da senha de atendimento. Na hipótese de roubo ou furto da primeira via do documento, basta apresentar o Boletim de Ocorrência (BO) registrado na delegacia para que seja feita a isenção da taxa de serviço.

Dúvidas frequentes

A carteira de identidade só é obrigatória para pessoas com mais de 18 anos de idade, mas isso não impede que jovens menores de idade solicitem o documento. Esses deverão estar acompanhados do pai, da mãe ou responsável, munidos de certidão de nascimento do menor, no ato de solicitação.

Após lei sancionada em abril de 2019, é possível incluir o nome social, aquele pelo qual a pessoa prefere ser chamada socialmente, na carteira de identidade. O nome social ficará então vinculado ao nome civil do cidadão. É necessário manifestar esse interesse durante a solicitação do documento.

Em caso de emissão do documento para uma pessoa maior de 60 anos que passou por processo de interdição, ela deve estar acompanhada de responsável legal e portando um documento original de identificação, além do documento que comprove a condição de vulnerabilidade. A informação da interdição pode ser incluída na carteira de identidade.

Se o brasileiro for nascido ou casado no exterior, as certidões emitidas no outro país deverão ser transcritas em cartório da Primeira Circunscrição ou do Primeiro Ofício, do domicílio da pessoa.


É proibida a reprodução total ou parcial dos conteúdos do Portal Multiplix, por qualquer meio, salvo prévia autorização por escrito.