MENU

Portal Multiplix

Nova Friburgo registra número de raios 275% maior nos primeiros dias de janeiro

Descargas atmosféricas exigem cuidados, principalmente com a energia elétrica. Veja como agir nessas situações

Por Redação Multiplix
14/01/20 - 09:51
Nova Friburgo registra número de raios 275% maior nos primeiros dias de janeiro Foram registrados mais de 4 mil raios em Nova Friburgo, na Região Serrana | Foto: Banco de Imagem

Além dos alagamentos e transtornos nas vias das cidades, o período de chuvas desta época do ano chama a atenção para outro problema: os raios.

De acordo com a Energisa, segundo o sistema de meteorologia acompanhado pela concessionária, foram registrados 4.097 raios em Nova Friburgo, na Região Serrana do Rio, nos 10 primeiros dias de 2020.

Um volume de 275% a mais em comparação com o mesmo período mencionado no ano passado, quando o município registrou 1.486 descargas atmosféricas.

E foram justamente os raios que causaram dois incidentes nos últimos dias 8 e 9 de janeiro, na Ponte da Saudade e na Chácara do Paraíso, respectivamente.

Na primeira ocorrência, um raio atingiu um poste na avenida Ana Barbosa de Moreira, no fim da tarde, provocando o centelhamento em uma parte do objeto chamada cruzeta. A situação causou um pequeno incêndio, que foi controlado pelas equipes da concessionária. Foi necessário realizar um pique de energia, mas o incidente não impactou o fornecimento de energia elétrica na região.

Os sinais de trânsito do entorno ficaram em sistema de alerta durante o procedimento e foram restabelecidos em menos de 24 horas, de acordo com as informações.

Já na Chácara do Paraíso, na rua Izelino Maduro, o raio atingiu um transformador, causando um curto-circuito. Também houve um pequeno incêndio e a fumaça chamou a atenção dos moradores que registraram o ocorrido. O reparo foi feito no mesmo dia pela concessionária.

Na Chácara do Paraíso, na rua Izelino Maduro, o raio atingiu um transformadorNa Chácara do Paraíso, na rua Izelino Maduro, o raio atingiu um transformador | Foto: Reprodução/Redes Sociais

Como proceder nesses casos

Com as chuvas, temporais, acompanhados de ventos fortes e, é claro, raios, como proceder em situações como as citadas?

A orientação é:

  • Em caso de ventos e chuvas fortes, procure um local seguro para se abrigar, mas não se esconda debaixo de árvores.

  • Em casa, durante as tempestades, retire todos os aparelhos eletrônicos das tomadas e evite contato com objetos de estrutura metálica que estejam ligados à eletricidade, como fogões, geladeiras e torneiras.

  • Em caso de cabos partidos, não se aproxime em hipótese alguma e chame a concessionária de energia.

Em Nova Friburgo, em caso de urgência, a Energisa instrui que a população entre em contato com a concessionária pelas redes sociais, pelo aplicativo Energisa On e pelo site.

ERRATA: A Energisa, concessionária responsável pela energia elétrica em Nova Friburgo, informou, na noite de quinta-feira, 15, por meio de nota, um novo balanço sobre a incidência de raios na cidade. “Percebemos uma diferença na apuração dos dados enviados anteriormente sobre as descargas atmosféricas em Nova Friburgo. O volume de raios registrados no município este ano, se comparado com o mesmo período do ano anterior, corresponde a um aumento significativo de 275%”.

Dessa forma, nos 10 primeiros dias de janeiro, foram registrados 4.097 raios na cidade. Um volume de 275% a mais em comparação com o mesmo período mencionado no ano passado, quando o município registrou 1.486 descargas atmosféricas.

Com isso, os dados anteriores publicados, também fornecidos pela Energisa, que apontavam um registro de 6.117 raios em Nova Friburgo, um volume 74% maior em relação ao mesmo período de 2019, quando a cidade serrana registrou 3.505 descargas atmosféricas, foram atualizados na matéria.


É proibida a reprodução total ou parcial dos conteúdos do Portal Multiplix, por qualquer meio, salvo prévia autorização por escrito.