Aulas suspensas na terça nas unidades da rede municipal de Nova Friburgo

Greve dos caminhoneiros prejudicou frequência dos alunos nesta segunda e motivou a suspensão das atividades escolares em todas as instituições do município

Por Matheus Oliveira
12/06/18 - 11:20
Aulas suspensas na terça nas unidades da rede municipal de Nova Friburgo Educação Prejudicada por Greve. | Banco de imagens

A greve dos caminhoneiros vem gerando impactos em diversos setores da sociedade em razão das dificuldades causadas na mobilidade urbana e do comprometimento dos serviços de transporte público. Outra área afetada pela paralisação é a educação. A Prefeitura decidiu suspender todas as aulas das escolas municipais na terça-feira (29).

A decisão ocorre, de acordo com a Secretaria Municipal de Educação, por causa das dificuldades de deslocamento dos alunos até as unidades de ensino e da escassez de merenda. As medidas adotadas a partir de quarta-feira (30) serão anunciadas posteriormente.

Nesta segunda-feira (28), algumas escolas municipais não tiveram aula. Nas faculdades instaladas em Nova Friburgo, os câmpus das universidades Estácio de Sá e a Cândido Mendes suspenderam suas atividades motivados pela falta de combustível e pela possibilidade de poucos alunos participarem das aulas. Já a Universidade Federal Fluminense (UFF) e a Universidade Estadual do Rio (Uerj) também interromperam as aulas. Apenas as atividades consideradas essenciais serão mantidas. No decorrer da semana, as instituições devem se pronunciar sobre os desdobramentos da greve e a rotina a ser adotada pelas respectivas unidades.

Na rede estadual de ensino, as escolas mantiveram os trabalhos normalmente, apesar da pouca assiduidade dos alunos em algumas escolas. O Conselho Estadual de Educação irá se reunir para decidir quais atitudes tomar caso a situação não seja normalizada.