MENU

Portal Multiplix

Cidades da Região Serrana serão destaque no Salão Estadual de Turismo

Nova Friburgo e Teresópolis vão levar artes típicas dos municípios para evento que começa nesta quinta-feira

Por Redação Multiplix
21/08/19 - 13:26
Cidades da Região Serrana serão destaque no Salão Estadual de Turismo Dança Alemã e artesanato vão ser as atrações levadas pelas cidades serranas para o Salão Estadual de Turismo, no Rio de Janeiro | Foto: Banco de Imagens

Os destaques de cidades da Região Serrana, como as belezas naturais, o artesanato de Teresópolis e a dança alemã de Nova Friburgo, serão as atrações da edição 2019 do Salão Estadual do Turismo, a partir desta quinta-feira, dia 22 de agosto, até domingo, 25, no Armazém 2 do Píer Mauá. Estarão presentes 70 dos 92 municípios fluminenses.

Considerado o maior evento de turismo do Estado do Rio de Janeiro, o Salão volta a ser realizado depois de um intervalo de oito anos. E tem como público alvo profissionais do setor, jornalistas especializados no segmento, estudantes, turistas e a população em geral.

A cidade de Nova Friburgo levará a típica dança alemã, uma das principais colônias do município serrano, para o Salão Estadual. Representante da colônia alemã em Nova Friburgo, Edmilson Schie detalhou a apresentação do grupo friburguense.

O grupo “Tanze Im Takt!” (Dança no Compasso) já se apresenta profissionalmente há um ano e meio. Nós participamos de diversos eventos na cidade. No Salão Estadual, vamos levar cinco casais e fazer uma apresentação sobre a história da colonização alemã em Nova Friburgo, divulgando a cidade para todo o estado, afirma Edmilson.

Já Teresópolis levará um grupo de artesãos para apresentar a qualidade e variedade do artesanato local. Também será distribuída folheteria dos atrativos municipais e do potencial turístico, com o apoio do Teresópolis Convention & Visitors Bureau. Guias de turismo da cidade marcarão presença no evento, apresentando Teresópolis para roteiros turísticos.

Com entrada gratuita, o evento contará com experiências sensoriais, produtos típicos, artesanato, danças e shows em uma área de 3.500 m². Entre as apresentações culturais estão a bateria da Beija-Flor, representando Nilópolis e a Baixada Fluminense; o Forró Pé de Serra, de Miguel Pereira; Orquestra de Jazz, de Barra Mansa; Coral dos Canarinhos, de Petrópolis; Capoeira de Valença, Jongo de Mangaratiba e a dança alemã, de Nova Friburgo.

Espaço do Conhecimento

Uma das atrações do Salão do Turismo é o Espaço do Conhecimento. Com uma proposta de aperfeiçoamento profissional e voltados aos profissionais e estudantes do setor, os debates variam entre “Marketing de Conteúdo Aplicado ao Turismo”, “Tendências de mercado no setor de Turismo” e “Airbnb x Hotelaria Tradicional”.   Serão apresentados, ainda, painéis sobre turismo étnico ecológico, turismo de experiência e turismo ecológico. O tema “Turismo, cidade e mobilidade: um olhar sobre o Rio de Janeiro” discutirá as recentes mudanças de infraestrutura e mobilidade no Rio de Janeiro e alguns dos efeitos para moradores e turistas. Com curadoria da Setur, Sesc, Sebrae e Senac, o local será composto por um auditório com 200 lugares onde acontecerão 18 palestras.