Recicla Terê recolhe quase uma tonelada de materiais eletrônicos

Segunda etapa do evento aconteceu no último sábado, 27, na Calçada da Fama

Por Redação Multiplix
31/07/19 - 11:52
Recicla Terê recolhe quase uma tonelada de materiais eletrônicos Foram recolhidos computadores, celulares, tablets e outros equipamentos eletrônicos | Foto: Divulgação/Prefeitura Municipal de Teresópolis

No último sábado, 27 de julho, a Prefeitura Municipal de Teresópolis, na Região Serrana do Rio de Janeiro, realizou mais uma edição do “Recicla Terê”, uma campanha de recolhimento de materiais eletrônicos que precisam ser descartados. É a segunda vez que o projeto acontece no município.

Durante o evento, que aconteceu na Calçada da Fama, na Várzea, foram entregues 865 quilos de equipamentos pela população. Somados aos 500 quilos recolhidos na primeira etapa da campanha, no dia 13 de julho, um total de 1,3 tonelada de lixo eletrônico foi recolhido, entre eles, computadores, televisores, notebooks/netbooks, celulares/tablets, geladeiras, fogões, micro-ondas, cabos em geral, e outros materiais quebrados ou com defeito.

O projeto foi realizado pela prefeitura, em parceria com a Secretaria de Meio Ambiente e a empresa de coleta de resíduos eletrônicos ‘Recicla Ambiental’. O Recicla Terê tem o objetivo de dar uma destinação adequada a esses resíduos que, normalmente, são descartados da forma errada, podendo contaminar o meio ambiente.

Em nota, a Prefeitura de Teresópolis ressaltou a importância do descarte correto dos equipamentos eletrônicos, não apenas para o meio ambiente, mas também para a saúde e para outros segmentos:

“Esses equipamentos possuem substâncias químicas em sua composição, como chumbo, cádmio, mercúrio, berílio, entre outras, provocando contaminação do solo e da água. Além disso, as pessoas que entram em contato direto com esses equipamentos em lixões e terrenos baldios também podem ser contaminadas. Ao descartar um material de maneira correta, além da preservação, você permite a sua reutilização em outros segmentos, contribuindo para capacitação de profissionais, aumento de empregos e melhoria na educação ambiental.”