MENU

Portal Multiplix

Fale Conosco

(22) 3512-2020

Anuncie

Contato comercial

Trabalhe conosco

Vagas disponíveis

Medalha de ouro no Japão e tendência na Região dos Lagos; a relação de Búzios com os esportes a vela

Cidade costuma ser procurada por atletas que praticam modalidades aquáticas

Por Juan Rodriguez
04/08/21 - 10:33
A relação de Búzios com os esportes a vela Esportes a vela são tradicionais em Búzios | Foto: Reprodução/Portal Multiplix

O ouro recém-conquistado pela dupla Martine Grael e Kahena Kunze na Baía de Enoshima foi a 19ª medalha da história da vela brasileira em Olimpíadas. Uma modalidade que, tradicionalmente, gera bons resultados para o Brasil nas competições. E se os brasileiros brilham lá no Japão, do outro lado do mundo, em Armação dos Búzios, na Região dos Lagos do Rio, a história não é tão diferente.

A prática de esportes aquáticos é comum no balneário, que possui clubes e associações dedicados ao assunto. Um exemplo é o Búzios Vela Clube, localizado na Praia de Manguinhos, fundado em 1999. Neste período, Búzios passou a receber atletas de modalidades a vela que tiveram carreiras de destaque. 

"Búzios é um dos melhores locais para a prática da vela olímpica do mundo, a variação climática é incrível, você consegue se preparar em todas as condições. Deixa o atleta muito preparado mesmo", conta Ricardo Winick, o Bimba, velejador olímpico de windsurfe.

Bimba é um dos atletas que escolheram a cidade da Região dos Lagos para viver. Ele morava na capital do Rio de Janeiro quando decidiu, há cerca de 20 anos, que Búzios seria o lugar ideal para se desenvolver no esporte. O resultado? Cinco participações em Olimpíadas, cinco medalhas nos Jogos Pan-Americanos (quatro de ouro e uma de prata), 25 títulos nacionais consecutivos e duas vezes campeão do Campeonato Mundial Junior da Federação Internacional de Vela. Um currículo que, segundo ele, muito se deve à escolha do passado.

"Eu já frequentava Búzios desde muito novo. A mudança aconteceu para que eu não perdesse tempo no trânsito, não tivesse que lidar com o lixo da Baía de Guanabara. Além disso, no Rio não venta e nem tem as ondas de Búzios. São 20 anos de cidade, poucos vieram morar aqui, o que eu acho errado. Búzios tinha que ser o local de treino dos atletas de alto nível. Muitos estrangeiros atravessam o mundo e vêm para cá. Quem é campeão já passou por Búzios em algum momento", declara.

O velejador também recorda que não foi o único atleta de alto nível a morar na cidade. Antes dele, na década de 70, George Rebello, conhecido como "Meu Garoto", começou a velejar por influência do pai, que gostava de vela e gerenciou o Iate Clube de Búzios, que mais tarde se tornou um celeiro de esportistas aquáticos. George, inclusive, foi o primeiro atleta olímpico brasileiro de windsurfe. Ele disputou os Jogos Olímpicos de Seul, na Coreia do Sul, em 1988.

Em julho deste ano, a Secretaria de Lazer e do Esporte iniciou as aulas da escolinha de vela no Iate Clube Praia dos Ossos. Cerca de 40 crianças e adolescentes, entre 8 e 17 anos, estão matriculadas na primeira turma da modalidade e novas inscrições serão abertas novamente no futuro.

"Começamos agora o nosso projeto de vela na cidade. Acredito que fazendo um trabalho correto, quem sabe um dia teremos um velejador de Búzios nas Olimpíadas ganhando medalha. O projeto social também pode garimpar um atleta de ponta para o futuro. Estamos felizes com a medalha de ouro na vela e sabemos que Búzios tem uma raia espetacular para a modalidade", afirma o secretário Gugu Braga.

Para que a nova geração de velejadores mantenha o alto nível, Bimba sabe que há um caminho a ser seguido: o investimento das autoridades nos esportes aquáticos.

"Tive um projeto social por muitos anos, mas trabalhei praticamente sozinho e assim ficou difícil de manter. Não faltam oportunidades. A cidade tem tudo para ser um grande centro de treinamento", conclui.

Veja outras notícias da Região dos Lagos do Rio no Portal Multiplix


É proibida a reprodução total ou parcial dos conteúdos do Portal Multiplix, por qualquer meio, salvo prévia autorização por escrito.
TV Multiplix
TV Multiplix Comunicado de manutenção TV Multiplix Comunicado de manutenção
A TV Multiplix conta com conteúdos exclusivos sobre o interior do estado do Rio de Janeiro. São filmes, séries, reportagens, programas e muito mais, para assistir quando e onde quiser.