Região Serrana tenta retomar a rotina no nono dia da greve dos caminhoneiros

Cidades recebem combustível e serviços começam a ser normalizados

Por Matheus Oliveira
12/06/18 - 11:26
Região Serrana tenta retomar a rotina no nono dia da greve dos caminhoneiros Correria com combustíveis. | Fernando Moreira

A greve dos caminhoneiros chegou ao seu nono dia nesta terça-feira, 29, e as cidades da Região Serrana do Rio de Janeiro, como Nova Friburgo, Bom Jardim e Teresópolis, aos poucos tentam retomar a rotina, executando serviços públicos e recebendo combustível em postos locais.

Em Nova Friburgo, a Prefeitura informou, por meio de nota oficial, que na área da Saúde, o Hospital Municipal Raul Sertã e a Maternidade funcionam normalmente e sem qualquer falta de insumos médicos ou materiais hospitalares. As empresas terceirizadas que levam oxigênio para pacientes em internação domiciliar também estão recebendo apoio do Poder Executivo para evitar a interrupção do serviço.

Já na Educação, uma das áreas mais afetadas, a Secretaria manteve suspensa as aulas em toda a rede municipal para a quarta-feira, dia 30. A expectativa da pasta é que a situação seja normalizada a partir da próxima segunda-feira, 04 de junho.

Ainda de acordo com o documento, na parte de Serviços Públicos, a limpeza urbana vem acontecendo diariamente e a Secretaria assumiu a operação da coleta de lixo, pois os caminhões da empresa responsável ficaram bloqueados pelo movimento. O transporte de pacientes para outros municípios foi normalizado nesta terça-feira.

Segundo o Comando da Polícia Militar, o policiamento foi realizado sem qualquer problema nos dias de greve. A assessoria de imprensa do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro (CBMERJ), informou que a corporação tomou medidas preventivas nas atividades internas para economizar combustível e insumos, mas que a operação seguiu regularmente em todo o território fluminense.

A cidade recebeu caminhões de combustível com escolta da Polícia Militar e gerou filas de carros em um posto de Olaria. De acordo com o comando da PM, cerca de 15 caminhões devem chegar à região ao longo desta terça-feira. Os veículos estão saindo da Refinaria da Duque de Caxias (Reduc).

Já em Bom Jardim, que também recebe combustível nesta terça, a Prefeitura informou que as viagens com pacientes diminuíram com prioridade dada aos casos mais graves. Na Educação, as aulas nas 17 escolas municipais foram suspensas devido à paralisação. Em Teresópolis, os bloqueios nas estradas, como a RJ-130 (Friburgo-Teresópolis), geraram escassez de combustível, de hortifrutigranjeiros e gás. Além disso, de acordo com moradores, as filas para abastecimento também foram grandes.