MENU

Portal Multiplix

Secretaria de Saúde de Teresópolis confirma caso de meningite

Caso foi diagnosticado em criança de 12 anos como meningite bacteriana não especificada. Confira as orientações do órgão municipal

Por Redação Multiplix
28/11/19 - 17:08
Secretaria de Saúde de Teresópolis confirma caso de meningite Secretaria de Saúde de Teresópolis emite nota de esclarecimento sobre caso de meningite | Foto: Banco de Imagem

A Secretaria Municipal de Saúde e da Vigilância em Saúde de Teresópolis confirmou nesta quinta, 28, um caso diagnosticado de meningite bacteriana não especificada na cidade.

O paciente é uma criança de doze anos, que deu entrada na rede municipal de saúde na quarta-feira, dia 27 de novembro.

Em comunicado enviado à imprensa, a Secretaria de Saúde informa que devido à complexidade do caso, a criança foi transferida no mesmo dia para o Instituto Fernandes Figueira, no Rio de Janeiro, onde permanece internada.

Diante do ocorrido, os técnicos da Secretaria de Saúde iniciaram o protocolo do Ministério da Saúde com os indivíduos que tiveram contato com o referido paciente.

Também foi feita visitação à escola onde a criança estuda para esclarecimentos de dúvidas e ações específicas, mas a prefeitura não informou quais ações.

Ainda de acordo com a Secretaria de Saúde, os exames laboratoriais da criança foram colhidos em Teresópolis e remetidos para laboratório especializado no Rio de Janeiro. “Até o momento, há somente o diagnóstico de meningite bacteriana não especificada, mas outros exames poderão esclarecer melhor o diagnóstico etiológico da doença”, diz trecho do comunicado.

A secretaria afirma ainda que segue mantendo as ações regulares de acompanhamento e vigilância de casos suspeitos e confirmados, como é de rotina, e afirma que não há surto ou epidemia da doença no município, por isso não há motivo para pânico.

A principal forma de prevenção é por meio da vacinação, mas a orientação é de que a vacina não é meio de controle de um caso específico, mas de proteção universal, devendo ser tomada de acordo com o Calendário Vacinal para Crianças, conforme preceitua o Ministério da Saúde.

A nota oficial faz ainda um alerta de que todas as informações técnicas serão divulgadas pelos órgãos públicos do município sobre qualquer agravo ou doença de notificação compulsória.

“A Secretaria Municipal de Saúde pede à população que não dissemine informações não oficiais por mensagens de texto ou áudio nas redes sociais. Os interessados devem entrar em contato com prefeitura ou Secretaria de Saúde para informações e esclarecimentos”.

Qualquer dúvida pode ser esclarecida pela equipe da Vigilância Epidemiológica, pessoalmente e/ou pelo telefone (21) 2742-9883.

Sobre a meningite

De acordo com informações do site do Ministério da Saúde, a meningite é uma inflamação das meninges, membranas que envolvem o cérebro e a medula espinhal.

A meningite pode ser causada por vírus ou por bactéria, que é mais grave.

O risco de contrair a doença é maior entre crianças menores de cinco anos, principalmente até um ano, no entanto pode acontecer em qualquer idade.

No Brasil, a meningite é considerada uma doença endêmica. Casos da doença são esperados ao longo de todo o ano, com a ocorrência de surtos e epidemias ocasionais. A ocorrência das meningites bacterianas é mais comum no outono-inverno e das virais na primavera-verão.