Já visitou o Museu de Memes?

Museu virtual disponibiliza coleções dos memes mais populares que circularam na internet

Por Sara Schuabb - 11 de Fevereiro de 2019, 09:45
Já visitou o Museu de Memes? Torcedor misterioso virou meme durante a última Copa do Mundo em 2018 | Foto: Reprodução Redes Sociais

Quem nunca deu boas risadas dos memes da Barbie e Ken Cidadãos de Bem, do “Glória a Deux”, que fazia referência ao ex-candidato à presidente Cabo Daciolo, do Ronaldinho nos “rolês” aleatórios e das comparações entre Raiz e Nutella. Essas são apenas algumas coleções que podem ser visitadas do Museu de Memes, que reúne, em um site, um rico acervo sobre o assunto.

De acordo com o webmuseu, o meme é uma nova forma de letramento midiático, encontrado com ampla repercussão nos ambientes virtuais. No cenário da pesquisa científica eles são pouco compreendidos por serem considerados como uma “cultura do besteirol”. Mas também é preciso reconhecer que os memes se tornaram ferramentas políticas capazes de influenciar com suas ideias revestidas de ironia.

Na definição do etólogo Dawkins, memes são ideias que se propagam pela sociedade, pelas redes socias e sustentam determinados ritos ou padrões culturais. Desse modo, tudo no meio social pode ser transformado em meme: moda, gastronomia, preconceito, celibato, comportamentos.

O meme Ursal do Cabo Daciolo circulou nos ambientes on-line na última eleição para presidenteO meme Ursal do Cabo Daciolo circulou nos ambientes on-line na última eleição para presidente | Foto: Reprodução Redes Sociais

A equipe do museu reúne docentes e discentes pós-graduandos em Comunicação (PPGCOM-UFF) da graduação em Estudos de Mídia/UFF e também de outras áreas e instituições. E a produção de conteúdo para o acervo é de responsabilidade dos alunos de graduação, que também organizam ciclos de debates denominados #memeclubes.